O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.

Os pormenores do Orçamento Rectificativo

31 mai, 2013

Documento vai ser apresentado na sexta-feira na Assembleia da República.
O Orçamento Rectificativo para este ano, aprovado esta quinta-feira em conselho de ministros, é o mote do Conselho de Directores. Um documento que será apresentado no Parlamento na sexta-feira, altura em que serão revelados mais pormenores.

Graça Franco, directora de Informação da Renascença, considera que o “aumento da dedução fiscal para quem colaborar com as finanças e pedir as facturas” é uma “boa notícia”.

O Orçamento Rectificativo surge um dia depois do relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), que agravou significativamente as previsões do Governo para a economia portuguesa.

Henrique Monteiro, director editorial do grupo Impresa, considera, por seu turno, que há uma coisa óbvia: “Vamos manter um caminho de contracção e de divergência em relação à Europa”.

A greve conjunta da função pública e a greve do metro em Lisboa também foram tema de debate na edição de hoje do “Conselho de Directores”.

Outro tema da semana, é o encontro das esquerdas, que precisamente esta noite juntou em Lisboa algumas dezenas de pessoas que querem libertar Portugal da austeridade. Mário Soares apelou à união da esquerda para derrubar o Governo.