|

Pinto da Costa: «Não chegámos à final marcando golos com a mão»

16 mai, 2011

O presidente do FC Porto garantiu, ainda, que Hulk vai permanecer no plantel portista, motivo pelo qual os azuis-e-brancos aumentaram a sua participação no passe e renovaram com o jogador brasileiro, até 2016. Pinto da Costa falou à partida para Dublin.

Pinto da Costa: «Não chegámos à final marcando golos com a mão»
Pinto da Costa: «Não chegámos à final marcando golos com a mão»
Pinto da Costa: «Não chegámos à final marcando golos com a mão»
Pinto da Costa: «Não chegámos à final marcando golos com a mão»
Pinto da Costa: «Não chegámos à final marcando golos com a mão»
Pinto da Costa: «Não chegámos à final marcando golos com a mão»
Pinto da Costa: «Não chegámos à final marcando golos com a mão»
«Se compramos 40 por cento do passe do Hulk, foi para o manter no plantel e construir uma equipa que dê imensas alegrias aos adeptos do FC Porto espalhados por todo o Mundo», disse o líder portista no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, antes da equipa dos dragões viajar para Dublin.

Questionado sobre a contratação do Artur Moraes pelo Benfica, noticiada pela imprensa, dias antes de defrontar o FC Porto na final da Liga Europa, Pinto da Costa desvalorizou. «Não estou minimamente preocupado. Não estou interessado nas contratações de outros clubes...»

«As finais são para ganhar. Estou totalmente confiante, muito tranquilo, porque o FC Porto já ganhou em sítios muito difíceis e este é apenas mais um... Fizemos tudo para chegar à final, temos todo o mérito em estar aqui. Não chegámos à final marcando golos com a mão. Não fazemos batota para chegar à final», referiu Pinto da Costa, referindo-se à célebre 'mão de Vata' frente ao Marselha.

«Esta é a quinta final do meu mandato. É um ano histórico do FC Porto e não do Pinto da Costa. Espero dentro de dias festejar mais um troféu», acrescentou.