Mortalidade infantil está abaixo da média comunitária

09 set, 2013

São dados da Comissão Europeia relativos a 2011. Apesar disso, caso português melhorou nos últimos 10 anos.

Portugal tem a sexta taxa de mortalidade infantil mais baixa da União Europeia. No entanto, a esperança de vida fica abaixo da média comunitária, segundo dados de um relatório sobre "desigualdades na saúde" divulgado pela Comissão Europeia.

De acordo com os dados do documento, a taxa de mortalidade infantil em Portugal baixou de 5 crianças por cada mil nados-vivos em 2001 para 3,1 em 2011, ano dos últimos dados conhecidos.

Já em termos de esperança de vida, em Portugal, os homens podem esperar ter 60,7 anos de vida saudável e as mulheres 58,7 anos, valores que também ficam abaixo da média comunitária.

Para Maria Filomena Mendes, presidente da Associação Portuguesa de Demografia, os números da mortalidade infantil revelam uma aproximação a níveis europeus e mundiais, o que vai ter reflexo positivo no que toca à esperança média de vida.

[notícia actualizada às 20h13]