A última visita ao Museu do Brinquedo

31 ago, 2014

Procura-se um novo espaço e novas condições. A Câmara de Lisboa já mostrou interesse em acolher a fundação.
A última visita ao Museu do Brinquedo

O Museu do Brinquedo, em Sintra, fecha hoje ao público. 

A Fundação Arbués Moreira, detentora do espólio de mais de 60 mil brinquedos, diz que não há outra solução, perante o fim do financiamento da Câmara Municipal.

Os problemas começaram em Maio, quando a Câmara de Sintra cortou o apoio de cinco mil euros mensais à instituição, na sequência da nova lei das fundações. Além disso, previa-se a cobrança de uma renda pela utilização do espaço

"A fundação não visa o lucro, mas tem que pagar salários", lamenta João Arbués Moreira, filho do criador da fundação e do museu, em declarações à Renascença.

O responsável espera conseguir reabrir o museu em 2016, avançando que está à procura de novo espaço para reinstalação. A Câmara de Lisboa já mostrou interesse em acolher a fundação.
 
Em Sintra, o Museu do Brinquedo receba, em média, por ano, mais de 50 mil visitantes, entre nacionais e estrangeiros.