|

D. José Policarpo

“Crise que Europa atravessa não está vencida e pode voltar para trás”

19 fev, 2013

Cardeal Patriarca falou à RTP também da hipótese de ser escolhido para novo Papa: “Nem sequer ponho essa hipótese. O Espírito Santo às vezes prega-me partidas, mas essa espero que não me pregue”.

“Crise que Europa atravessa não está vencida e pode voltar para trás”

O Cardeal Patriarca de Lisboa pede prudência aos líderes europeus para evitar retrocessos imprevisíveis na resposta à crise. O alerta foi deixado esta terça-feira por D. José Policarpo em entrevista à RTP.

“Aquilo que esperamos é que as linhas de conduta sejam realistas mas prudentes, ou seja, que não se use o poder para fazer aquilo que não é preciso ser feito. Desde o princípio que digo que qualquer governação devia ter em conta não criar situações dramáticas – o que parece que não tem sido completamente possível. Agora, a crise que a Europa atravessa não está vencida e pode voltar para trás. Se o Parlamento Europeu chumbar o Orçamento volta tudo para trás e pode ser o fim da União Europeia”, disse.

Esta entrevista teve como pano de fundo a resignação do Papa Bento XVI e o futuro da igreja. Já sobre a hipótese de ser o escolhido pelos seus pares no próximo conclave para suceder a Bento XVI, D. José Policarpo deu esta resposta. “Eu resigno a seguir [risos]. Não sei. Nem sequer ponho essa hipótese. O Espírito Santo às vezes prega-me partidas, mas essa espero que não me pregue”.