|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

Nove momentos oficiais num só dia na visita do Papa a Sarajevo

14 abr, 2015 • Aura Miguel

Com esta visita de um só dia, à imagem da que fez à Albânia, Francisco volta a mostrar a sua preferência por países periféricos onde os cristãos são minoria.  

Num só dia de viagem, a agenda do Papa Francisco para a sua visita a Sarajevo, que está marcada para dia 6 de Junho, inclui nove momentos oficiais.

De manhã, além das boas-vindas e visita de cortesia ao palácio presidencial, Francisco encontra-se com as autoridades da Bósnia-Herzegovina e ainda encontra tempo para celebrar missa no estádio de Sarajevo.

Com os bispos locais, reúne-se durante o almoço e, durante a tarde, a agenda inclui quatro encontros, em locais diferentes: Com os religiosos e clero na Catedral, com outros cristãos e outras religiões num centro internacional franciscano e com os jovens num centro diocesano juvenil.

Ao final do dia, Francisco despede-se oficialmente de Sarajevo e aterrará em Roma 14 horas depois de ter partido.

Francisco, que já desabafou não gostar de viajar – e apesar dos seus 78 anos – demonstra assim, uma vez mais, a sua preferência por países da periferia da Europa, onde o Cristianismo está em minoria e onde os conflitos étnico-religiosos deixaram feridas que ainda persistem.

Na Bósnia Herzegovina há 50% de muçulmanos, e a maioria dos cristãos não são católicos, mas sim ortodoxos.