|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

Irlanda do Norte

Terceira noite de violência em Belfast. Mais de 40 polícias feridos

15 jul, 2013

Primeiro-ministro da Irlanda do Norte apela ao fim da violência entre protestantes e autoridades.

Terceira noite de violência em Belfast. Mais de 40 polícias feridos
Terceira noite de violência em Belfast. Mais de 40 polícias feridos
Pela terceira noite consecutiva, a violência fez-se sentir pelas ruas de Belfast, na Irlanda do Norte. Centenas de manifestantes lançaram “cocktails-molotov” e outros materiais contra a polícia, que respondeu com balas de borracha. Pelo menos um polícia ficou ferido, somando-se aos 43 agentes feridos desde sexta-feira. Os protestantes comemoraram, a 12 de Julho, a derrota das tropas do rei Jaime II pelo príncipe Guilherme de Orange, em 1690.

Pela terceira noite consecutiva, a violência fez-se sentir pelas ruas de Belfast, na Irlanda do Norte. Centenas de manifestantes lançaram “cocktails-molotov” e outros materiais contra a polícia, que respondeu com balas de borracha. Pelo menos, um polícia ficou ferido, somando-se aos 43 agentes feridos desde sexta-feira.

"É muito importante que esta violência acabe", declarou no domingo o primeiro-ministro da Irlanda do Norte, Peter Robinson.

Desde o início dos confrontos, foram detidas 49 pessoas, entre elas uma criança de 10 anos.

Os confrontos começaram quando, numa tentativa de prevenir incidentes, as autoridades impediram os "unionistas" de fazer a marcha protestante da Ordem de Orange pelo habitual percurso que atravessa o bairro católico de Ardoyne.

Os confrontos eram esperados, o que levou o Reino Unido a enviar 600 polícias para a Irlanda do Norte na sexta-feira. Ao que se juntaram mais 400, enviados depois.

Os protestantes comemoram, a 12 de Julho, a derrota das tropas do rei Jaime II pelo príncipe Guilherme de Orange, em 1690.