Ministro da Saúde também ouviu o"Grândola, Vila Morena"

20 fev, 2013

Depois de Pedro Passos Coelho e Miguel Relvas, foi a vez de Paulo Macedo ouvir a música que marcou a Revolução de 1974, cantada por um grupo de pessoas que protestavam contra o Governo.
Ministro da Saúde também ouviu o"Grândola, Vila Morena"

Um grupo de pessoas entoou o "Grândola, Vila Morena" no momento em que o ministro da Saúde, Paulo Macedo, ia discursar no Porto no âmbito de uma conferência sobre o sistema de saúde.

No preciso momento em que o ministro iria discursar no debate que estava a decorrer na Aula Magna da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, um grupo de pessoas cantou a música de José Afonso, prosseguindo depois com várias palavras de ordem.

"Governo para a rua", "ao contrário do que dizem estão a assassinar os portugueses", "os reformados não têm dinheiro para medicamentos" ou a "luta continua" foram algumas das mensagens transmitidas pelos manifestantes.

Depois de alguns minutos de prostesto, o grupo silenciou-se e o ministro da Saúde retomou o discurso.