Marcelo Rebelo de Sousa

Relvas deve demitir-se se ameaçou jornalista

20 mai, 2012

Marcelo Rebelo de Sousa coloca três cenários no caso das secretas. No mais grave, aquele em que se confirmam as pressões e as ameaças, o comentador diz que o ministro não tem condições para continuar no cargo.
Relvas deve demitir-se se ameaçou jornalista

Se for verdade que Miguel Relvas pressionou a jornalista do “Público” e ameaçou dar a conhecer aspectos da sua vida privada, então deve demitir-se, diz Marcelo Rebelo de Sousa.

“Ou prova-se que o ministro não pressionou, não ameaçou com black-out e menos ainda falou de dados da vida privada da jornalista – e então Miguel Relvas tem esta frente fechada; ou prova-se a coisa mais grave que é ele ter falado a um editor dos dados privados da jornalista - e aí é muito difícil um ministro manter-se em funções; ou, fórmula intermédia, ele não falou dos dados privados da jornalista, mas pressionou a editora- aí não é caso para sair do Governo mas fica em situação fragilizada”, disse.

No seu habitual comentário na TVI, o professor Marcelo considera que se a Grécia sair do Euro será dramático para o país em particular e mau para a Europa”.

Marcelo acrescenta que, nesse cenário, a Europa será acusada de não ter tido uma política de União”.