Quintanilha é o cabeça de lista do PS pelo Porto

10 jul, 2015

Socialistas fecham os cabeças de lista às próximas eleições legislativas.
Quintanilha é o cabeça de lista do PS pelo Porto

A Renascença sabe que o cabeça de lista do PS pelo Porto será o cientista Alexandre Quintanilha. Os socialistas querem mostrar a aposta na ciência com esta escolha para o segundo distrito do país, por onde costumam ser ex-ministros ou dirigentes do partido a liderar a lista. Já em Lisboa, será, naturalmente, António Costa a liderar os candidatos a deputados e em Setúbal a escolha é a deputada Ana Catarina Mendes.

As próximas eleições legislativas ainda não estão marcadas pelo Presidente da República. Devem decorrer no final de Setembro ou princípio de Outubro.

António José Seguro, afinal, não terá sido sondado, nem convidado para as listas de candidatos do PS às próximas legislativas. “Seguro não foi convidado e não foi sondado para ser deputado”, garantem à Renascença antigos membros da sua direcção.

A notícia de que Seguro tinha sido sondado para as listas foi avançada à entrada da reunião da comissão política do PS por outros dirigentes do PS. Segundo fontes da anterior direcção do PS e que permanecem nos órgãos dirigentes do partido, o antecessor de Costa teria sido sondado, mas não tinha aceitado. Essa versão acabou por ser assumida por Álvaro Beleza, que fez parte do Secretariado de Seguro.

Cabeças de lista distritais pelo PS
AVEIRO
Pedro Nuno Santos, 38 anos, economista, deputado à AR, Vice-Presidente do Grupo Parlamentar e atual Presidente da Federação de Aveiro do PS. Foi Secretário-Geral da JS entre 2004 e 2008. Foi responsável como vice-presidente do GP/PS, pela Comissão de Economia e pela Comissão Parlamentar de Inquérito ao caso BES, na última legislatura. Antes de ocupar as funções de deputado exerceu como economista num grupo empresarial ligado ao setor do calçado.

BEJA
Pedro Nuno Raposo Prazeres do Carmo
44 anos casado com 2 filhos
Licenciado em Direito
Presidente da Câmara Municipal de Ourique desde 2005. Membro do conselho diretivo da ANMP Presidente da Federação do PS Baixo Alentejo

BRAGA
Manuel Caldeira Cabral
Professor de Economia da Universidade do Minho. Doutorado em Economia pela Universidade de Nottingham. Licenciado e Mestre em Economia pela Universidade Nova de Lisboa. Foi assessor do Ministro das Finanças do XVIII Governo e assessor do Ministro da Economia e Inovação do XVII Governo. Cooperante na Universidade em Timor Leste.

BRAGANÇA
Jorge Manuel Nogueiro Gomes
Gestor de Empresas.
Exerceu funções como: Presidente da direção do Núcleo Empresarial Região de Bragança, Presidente Direção da União das Associações Empresarias da Região Norte, Vice-Presidente do Conselho Empresarial Regional da Associação Industrial Portuguesa, Presidente da Assembleia Geral da Associação Comercial, Industrial e Serviços de Bragança, Membro da Comissão Regional de Turismo, Membro do Conselho Consultivo do Centro de Formação Profissional de Bragança, Vice-Presidente do Conselho Geral do Instituto Politécnico de Bragança; Governador Civil de Bragança, Presidente Federação Distrital do Partido Socialista de Bragança.
Actualmente é Secretário Nacional para a Organização do Partido Socialista (Direção Nacional).

CASTELO BRANCO
Hortense Martins
Economista / Gestora de Empresas
Deputada e Vice-Presidente do GPPS
Presidente da Federação PS de Castelo Branco

COIMBRA
Helena Freitas
Doutorada em Ecologia pela Universidade de Coimbra e realizou um pós-doutoramento na Universidade de Stanford, EUA. É atualmente Professora Catedrática do Departamento de Ciências da Vida (DCV) da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, cujo Conselho Científico integra, e Diretora do Jardim Botânico. Foi membro do Conselho Geral da Universidade de Coimbra.
Foi Presidente da Liga para a Proteção da Natureza e primeira Provedora do Ambiente e Qualidade de Vida de Coimbra. É actualmente Presidente da Sociedade Portuguesa de Ecologia e Vice-Presidente da Federação Europeia de Ecologia. É Coordenadora do Centro de Ecologia Funcional, uma unidade de investigação interdisciplinar no âmbito das Ciências Biológicas, centrando as suas áreas de interesse no estudo do funcionamento dos ecossistemas mediterrânicos, biodiversidade, interações bióticas, ambiente e conservação da natureza.

ÉVORA
Luis Capoulas Santos
Licenciado em Sociologia.
Técnico Superior do Ministério da Agricultura.
Deputado à A.R. de 1991 a 1995 e de 2002 a 2004.
Secretário de Estado da Agricultura de 1995 a 1998.
Ministro da Agricultura de 1998 a 2002.
Deputado Europeu de 2004 a 2014.
Comendador da Ordem do Mérito Agrícola da República Portuguesa.
Comendador do Mérito Agrícola da República Francesa.
Presidente da Federação de Évora e Vice-Presidente da Mesa da Comissão Nacional do PS

FARO
José Apolinário
53 anos, Natural de Pechão (Olhão). Jurista. Presidente da Assembleia Municipal de Faro e ex- Presidente da Câmara Municipal de Faro. Presidente da Docapesca, Portos e Lotas desde 2012. Anteriormente foi Deputado à Assembleia da República e ao Parlamento Europeu, Secretário de Estado das Pescas e Diretor Geral das Pescas e Aquicultura.

GUARDA
António José Santinho Pacheco
63 anos, Professor
Natural de Vila Franca da Serra (GOUVEIA)
Casado, 2 filhos
Presidente da Câmara Municipal de Gouveia (1982/2002)
Último Governador Civil da Guarda (2009/2011)
Deputado à Assembleia da República (2000/2001)
Entre outros cargos e funções exercidas, foi membro do Conselho Geral da ANMP e membro permanente do Conselho Económico e Scocial (CES)
Actualmente é membro da Comissão Política distrital do PS.

LEIRIA
Margarida Marques
Licenciada em Matemática, Mestre em Ciências da Educação.
Funcionária da Comissão Europeia, foi Chefe da Representação da Comissão Europeia em Portugal. Foi Secretária-Geral da Juventude Socialista.

LISBOA
António Costa

PORTALEGRE
Luís Moreira Testa
37 anos, casado, um filho, natural de Portalegre.
Licenciado em Direito, Jurista.
Presidente da Associação Nacional de Jovens Autarcas Socialistas, entre 2006 e 2008
Presidente da Assembleia Intermunicipal, da Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo entre 2009 e 2012
Presidente da Federação Distrital de Portalegre, do Partido Socialista, desde 2012
Membro da Assembleia Municipal de Portalegre e da Assembleia Intermunicipal do Alto Alentejo

PORTO
Alexandre Quintanilha
Nasceu e completou os estudos secundários em Lourenço Marques, Moçambique. Fez o doutoramento em Física Teórica na Universidade de Witwatersrand, em Joanesburgo, em 1972. Viveu e trabalhou durante vários anos nos Estados Unidos. Foi professor em Fisiologia Celular e diretor do Centro dos Estudos Ambientais na Universidade da Califórnia, Berkeley.
Mudou-se para o Porto em princípios dos anos noventa, foi professor catedrático de Biofísica no Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS) da Universidade do Porto durante 10 anos. Foi diretor do Instituto de Biologia Molecular e Celular e o Instituto de Engenharia Biomédica até 2010.
Atualmente, preside ao Conselho dos Laboratórios Associados e é presidente do Conselho Nacional para a Ciência e Tecnologia.

SANTARÉM
José António Vieira da Silva
Licenciatura em Economia. Docente do Ensino Superior. Deputado e Vice-Presidente do GPPS
Exerceu funções Ministro do Trabalho e da Solidariedade Social, Ministro da Economia, Inovação e Desenvolvimento, Secretário de Estado das Obras Públicas; Secretário de Estado da Segurança Social.

SETUBAL
Ana Catarina Mendes, 42 anos, nasceu  Coimbra, licenciada em Direito. É advogada.
Entrou na JS em 1991, foi Presidente da concelhia da JS de Almada e presidente da Federação distrital da JS de Setúbal. Fez parte do Secretariado Nacional da Juventude Socialista com o pelouro da Educação.
É Deputada à Assembleia da República desde 1998, com participação nas Comissões Parlamentares de Educação, Assuntos Europeus e Direitos, Liberdades e Garantias. Foi membro do Conselho da Europa na Comissão de Migrações, Refugiados e População.
Diretora de campanha de António Costa nas eleições primárias do PS. Foi diretora de campanha de Francisco Assis.
Foi Vice-Presidente do Grupo Parlamentar do PS entre 1999-2002, 2005-20011. Na atual legislatura é Vice-Presidente desde 2014. É presidente da Federação distrital do PS de Setúbal.

VIANA DO CASTELO
Tiago Brandão Rodrigues
Nasceu em Braga, a 3 de Junho de 1977. Passou a sua infância e juventude entre Paredes de Coura, onde vivia, e Moledo (Caminha), onde passava longos períodos no Verão. Mudou-se para Braga, aos 15 anos, para prosseguir os seus estudos secundários, tendo, mais tarde, completado a licenciatura de Bioquímica na Universidade de Coimbra (2000). Em Coimbra, teve uma intensa vida comunitária e associativa nas Repúblicas da Alta da cidade e na Associação Académica de Coimbra. Para completar a sua licenciatura, usufruiu de uma bolsa Erasmus que lhe permitiu estagiar em Madrid, começando aí a sua atividade como investigador científico.
Doutorou-se pela Universidade de Coimbra (2007), tendo feito toda a sua investigação laboratorial entre Dallas e Madrid. Dedicou-se, durante este período, ao estudo do metabolismo cerebral em doenças neurodegenerativas, trabalho que lhe valeu o Prémio António Xavier 2008. Desde 2010, é investigador na área da oncologia na Universidade de Cambridge, tendo os seus resultados sido publicados em importantes revistas científicas internacionais, atraindo também a atenção de meios de comunicação social generalistas. Foi, em 2012, Adido Olímpico da Missão Portuguesa aos Jogos de Londres (2012).

VILA REAL
Ascenso Simões
Natural de Vila Real, 52 anos, mestre em gestão, licenciado em ciências empresariais e bacharel em Administração Autárquica.
Foi consultor, técnico e administrador de empresas no universo das redes. É especialista em regulação económica e foi professor do ensino superior politécnico.
Exerceu as funções de secretário de estado da administração interna, secretário de estado da proteção civil e secretário de estado do desenvolvimento rural.

VISEU
Maria Manuel Leitão Marques
Professora Catedrática da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra (desde 2003) e Investigadora permanente do Centro de Estudos Sociais da mesma Faculdade (desde 1979).
Foi Secretária de Estado da Modernização Administrativa dos XVIII e XVII Governos Constitucionais, onde coordenou os Programas Simplex, entre outras medidas modernização. É vice-Presidente da Association Internationale de Droit Économique, desde 1993. Presidiu o Observatório do Comércio do Ministério da Economia (1998-2002). Coordenou vários projetos nacionais e internacionais em Direito Económico, Direito da Concorrência, Sociologia do Direito e Administração Pública e publicou diversos trabalhos nestas áreas.

AÇORES
Carlos Manuel Martins do Vale César
Casado e natural de Ponta Delgada, nos Açores, onde nasceu em 30 de Outubro de 1956. Distinguiu-se, ainda muito jovem, entre os núcleos oposicionistas açorianos à ditadura e ingressou no Partido Socialista em 1974. Frequentou a Faculdade de Direito de Lisboa onde foi dirigente estudantil e foi deputado nas assembleias da República e regional. Foi dirigente nacional da Juventude Socialista da qual é militante de honra, assumiu a liderança do PS/Açores, entre 1994 e 2013, do qual é presidente honorário. Foi presidente do governo regional dos Açores durante 16 anos. Foi membro do Conselho de Estado, do Conselho Superior de Defesa Nacional, do Conselho Superior de Segurança Interna, presidente da Conferência de Presidentes das Regiões Ultraperiféricas, vice-presidente da Mesa do Comité das Regiões, membro do Bureau Político da Assembleia das Regiões da Europa, membro do Bureau Político e Presidente da Comissão das Ilhas da Conferência das Regiões Periféricas Marítimas da Europa, bem como, durante vários anos, Presidente do Eurodisseia. Recebeu inúmeras distinções, entre as quais a Grã-cruz da Ordem Militar de Cristo da República Portuguesa e a condecoração mais elevada do Estado do Rio Grande do Sul do Brasil e da Região Autónoma dos Açores: a Insígnia Autonómica de Valor. Desempenhou funções profissionais antes de ingressar no parlamento açoriano em 1980 e como consultor numa empresa desde que cessou funções governativas. É o Presidente do Partido Socialista português desde 29 de novembro de 2014.

MADEIRA
Bernardo Trindade
Economista
Administrador Hoteleiro
Ex-Secretário de Estado do Turismo
Ex-Líder Parlamentar da Assembleia Regional da Madeira

EUROPA
Paulo Pisco
Jornalista; Licenciado em Filosofia, na Universidade Nova de Lisboa e pós-graduação em Estudos Europeus na Université Libre de Bruxelles. Deputado eleito pelo Círculo da Europa e coordenador dos deputados socialistas na Comissão dos Negócios Estrangeiros e Comunidades Portuguesas. Presidente do Grupo Parlamentar de Amizade Portugal-Luxembourgo; Condecorado com o grau de Chevalier de l’Ordre de Mérite atribuído pelo Grão-Ducado do Luxemburgo

FORA DA EUROPA
Alzira Maria de Serpa Silva
Licenciada em Filologia Germânica, especializada em Ciências Documentais e tem pós-graduações nas áreas da Cultura, da Comunicação, Migrações e Relações Interculturais.
Foi professora, documentalista, jornalista (imprensa, rádio e televisão – RTP), e formadora.
No percurso político exerceu funções de diretora regional das Comunidades nos VII, VIII e IX Governos Regionais dos Açores, durante doze anos, deputada municipal, vereadora da Câmara Municipal da Horta, deputada regional. Atualmente, adjunta da Presidência da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores.
Tem ensaios publicados no âmbito das Migrações e da Literatura.

Deputados socialistas vão ter compromisso ético
A Comissão Política do PS analisou um documento denominado "Compromisso ético", no qual os candidatos a deputados têm de garantir ausência de dívidas perante o fisco e a Segurança Social e renuncia a práticas de "lobbying".

Este documento, que está a ser trabalhado pelos dirigentes socialistas Fernando Rocha Andrade, Jorge Lacão e José Magalhães, deverá ser aprovado na próxima reunião da Comissão Política do PS, que se realiza no próximo dia 21 e que fechará as listas de candidatos a deputados deste partido.

Na versão preliminar do documento, consta a exigência de que os candidatos a deputados socialistas revelem "as atividades que desenvolveram nos últimos cinco anos, bem como a composição do agregado familiar e respetivas actividades profissionais, incluindo participações sociais do próprio e do cônjuge".

Os candidatos a deputados pelo PS têm também de apresentar declarações, "sob compromisso de honra, da inexistência de dívida ao fisco e à Segurança Social" e terão de renunciar "desde já a qualquer exercício de atividade de `lobbying` que possa vir a ser prevista na lei".

"No desempenho do mandato, os deputados manterão total clareza e transparência na sua relação com entidades públicas, estando designadamente impedidos de desenvolver ou participar diretamente em negócios com o Estado", refere-se no documento.

Entre os compromissos de honra exigidos estão também a garantia de que os deputados deem "prioridade ao exercício do seu mandato, só o podendo suspender para o exercício de funções governativas ou de cargos que decorram de escolha ou eleições em representação do PS".

No documento, os candidatos a deputados comprometem-se ainda a prestar contas "publicamente" do seu mandato e têm de cumprir disciplina de voto em moções de censura (ou de confiança), no programa do Governo e nos orçamentos do Estado, embora a regra seja a liberdade de voto.

Os deputados podem ainda invocar "objeção de consciência" relativamente à apresentação de iniciativa legislativa ou determinação de sentido de voto pelo Grupo Parlamentar, devendo, para tanto, tornar públicas junto dos eleitores as regras da sua opção".

[actualizado Às 00h40]