Marcelo Rebelo de Sousa

Governo escolheu “aumento de impostos”

06 jan, 2014

Comentador diz que são “os suspeitos do costume que levam pancada porque é mais fácil”.
Governo escolheu “aumento de impostos”

Marcelo Rebelo de Sousa não tem dúvidas: o agravamento da contribuição extraordinária de solidariedade “é um aumento de impostos”.

No habitual comentário na TVI, o ex-presidente do PSD critica o “plano B” do Governo para contornar o chumbo do Tribunal Constitucional à convergência de pensões. O professor Marcelo diz que são “os suspeitos do costume que levam pancada porque é mais fácil”.

O antigo líder social-democrata acrescenta que é “uma medida injusta mas o governo está a fazer o que é mais cómodo.

De recordar que o Governo vai alargar a base de incidência da contribuição extraordinária de solidariedade (CES) dos pensionistas e aumentar as contribuições para a ADSE, para compensar o chumbo do Tribunal Constitucional à convergência dos sistemas de pensões público e privado.