Entendimento "reforça estabilidade"

05 jul, 2013

Vice-presidente do PSD não confirma se Paulo Portas se mantém ou não no Governo.
Entendimento "reforça estabilidade"

O entendimento alcançado entre PSD e CDS-PP "reforça a confiança, a coesão e a estabilidade do Governo" necessárias ao cumprimento do memorando da 'troika', afirmou o vice-presidente do PSD Jorge Moreira da Silva, esta sexta-feira, em Mafra.

"É uma solução que reforça os níveis de confiança, de coesão e de estabilidade nesse Governo e é essa resposta que os portugueses esperam para a estabilidade que assegure o cumprimento do memorando de entendimento e da abertura para uma fase de crescimento e de emprego", disse aos jornalistas Jorge Moreira  da Silva.

Sem adiantar se Paulo Portas se mantém ou não no Governo, Jorge Moreira da Silva declarou que "o primeiro-ministro apresentou, na sequência dos encontros que teve com o CDS-PP e com o Dr. Paulo Portas, uma solução política de estabilidade para o governo e essa solução foi apresentada ao Presidente da República".  

O primeiro-ministro e presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, apresentou esta sexta-feira ao Presidente da República "o entendimento político alcançado com o líder do CDS-PP", Paulo Portas, disse à Lusa fonte do gabinete do chefe do executivo.

No sábado, os dois partidos voltam a reunir e vão tornar pública essa solução, em relação à qual se recusou a dar pormenores ou a responder a perguntas. 
 
Jorge Moreira da Silva falava à entrada para um jantar de apresentação dos candidatos do PSD a Mafra nas eleições autárquicas de 29 de Setembro.