|

Rui Moreira quer ‘contas à moda do Porto’

20 mar, 2013

Economista apresentou oficialmente a sua candidatura à autarquia.

Rui Moreira quer ‘contas à moda do Porto’

Coesão social, economia e cultura são as prioridades do programa eleitoral de Rui Moreira na corrida à Câmara do Porto.

O candidato independente à autarquia da Invicta apresentou oficialmente esta quarta-feira o seu plano de intenções para a cidade numa candidatura que garante ser livre e sem partidos.

No seu discurso, o presidente da Associação Comercial do Porto promete que, caso seja eleito para a autarquia, o rigor na gestão das contas municipais será uma prioridade, à semelhança do que aconteceu com o actual presidente Rui Rio.

“Esta lista de independentes quer que o município cumpra exemplarmente os seus compromissos. Nós não vamos em caso nenhum desperdiçar nem desbaratar o capital que foi acumulado nos últimos anos por uma gestão rigorosa, por essa gestão rigorosa que fez jus à expressão ‘contas à moda do Porto’. Nós acreditamos firmemente que só o rigor e o escrúpulo na gestão do dinheiro dos contribuintes são aceitáveis em Democracia”, disse.

E no dia em que o tribunal cível de Lisboa deu provimento à acção do Movimento Revolução Branca contra a candidatura de Fernando Seara à Câmara de Lisboa, Rui Moreira não deixou de se referir à discussão jurídica que também coloca na mira a candidatura de Luís Filipe Menezes. Sem querer comentar o caso, optou antes por desafiar todas as candidaturas a irem até ao fim.

“Há uma discussão jurídica sobre a limitação de mandatos. Não sou jurista, respeito integralmente a independência dos tribunais e, por isso, não vou tomar posição sobre ela, mas há uma coisa que quero deixar clara: por mim acho salutar que todas as candidaturas vão até ao fim, não tememos nada nem o confronto de projectos. Desse confronto o Porto só pode sair beneficiado”, refere.

De recordar que já a 5 de Fevereiro, na Renascença, Rui Moreira tinha dito que estava a montar a máquina para avançar com uma candidatura.

Luís Filipe Menezes é o candidato do PSD e Manuel Pizarro é o candidato do PS à Câmara do Porto.