Já se queixou da comida lá de casa? Da próxima vez, pense melhor

08 mai, 2012

Um russo de 69 anos saiu de casa depois de discutir com a mulher e andou perdido na floresta, com temperaturas negativas, durante mais de um mês.
Já se queixou da comida lá de casa? Da próxima vez, pense melhor
Da próxima vez que não gostar dos cozinhados do seu marido ou da sua mulher, lembre-se que a reacção pode não ser a melhor e a vingança ser cruel. Um russo de 69 anos esteve mais de mês perdido na floresta, depois de uma forte discussão com a sua mulher por causa da sopa.

Yuri Ticiuc, que vive no pequeno estado siberiano de Altai, no Sul da Rússia, bateu com a porta e foi encontrado, vários dias depois, por agricultores, ferido por causa do frio e da neve e muito fraco.

Já no hospital, o russo descreveu o pânico que sentiu quando não deu com o caminho de volta para casa. A enfrentar temperaturas negativas, chegou a comer as ervas daninhas e a beber gelo para não desidratar.

Os médicos afirmam que é um milagre estar vivo, mas avisam que, por causa do gelo, é possível que as pernas tenham que ser amputadas.

Yuri Ticiuc já garantiu ter sido a última vez que criticou os cozinhados da mulher.