|

Turquia ataca guerrilheiros curdos no Iraque

26 jul, 2015

Bombardeamento foi a resposta a um atentado atribuido aos combatentes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK).

Turquia ataca guerrilheiros curdos no Iraque

A Turquia bombardeou este domingo campos de guerrilheiros curdos no Iraque pela segunda noite consecutiva.

O ataque aconteceu depois de um atentado, alegadamente levada a cabo por combatentes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK).

O rebentamento de um carro armadilhado e de explosivos colocados junto a uma estrada, em Diyarbakir, no sudeste do país, matou dois soldados turcos e feriu quatro.

Na resposta, quatro caças F-16 levantaram voo da base aérea de Diyarbakir e bombardearam alvos do PKK em Hakurk, no norte do Iraque, avançam fontes citadas pela agência Reuters.

O Governo de Ancara pediu este domingo uma reunião especial da NATO, para discutir o aumento da insegurança na fronteira com o Iraque e Síria. O encontro está marcado para a próxima terça-feira.

A Turquia autorizou, esta semana, os aviões da coligação internacional a utilizar as suas bases para atacar  posições do autoproclamado Estado Islâmico na Síria e no Iraque, uma mudança de posição depois de um atentado que provocou cerca de três dezenas de mortos.

Ancara também anunciou, na sexta-feira, uma ofensiva militar contra o Estado Islâmico, mas também contra os guerrilheiros do PKK no norte do Iraque, colocando em causa as negociações de paz.