Eurodeputada Ana Gomes exige fim de detenções arbitrárias em Angola

23 set, 2013

Arguidos tinham acabado de ser libertados pela juíza quando foram novamente levados pela polícia numa altura em que davam entrevistas. Os três jornalistas, entre eles Rafael Marques, acabaram libertados horas depois.
A eurodeputada socialista Ana Gomes quer que seja exigido às autoridades angolanas que ponham fim às detenções arbitrárias e agressões contra manifestantes e jornalistas.

Ana Gomes enviou uma carta a Durão Barroso, o presidente da Comissão Europeia e à alta representante da União Europeia para a política externa, onde critica a detenção do activista angolano Rafael Marques, na semana passada em Luanda, sem causa aparente.

A eurodeputada diz que está na altura de dar atenção às constantes violações dos direitos humanos naquele país.

A polícia libertou esta segunda-feira os nove manifestantes que foram detidos na passada quinta-feira em conjunto com três jornalistas, um deles era precisamente o activista Rafael Marques.

Os arguidos tinham acabado de ser libertados pela juíza quando foram novamente levados pela polícia numa altura em que davam entrevistas.

Os três jornalistas acabaram libertados horas depois, já os nove jovens só hoje foram libertados.