Primeiro-ministro britânico quer bloquear pornografia infantil na internet

21 jul, 2013

David Cameron desafia Google, Yahoo, Bing e os restantes motores de busca a impedirem os cibernautas de aceder a conteúdos com abusos de menores.

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, defende que os principais motores de busca na internet devem bloquear o acesso a imagens com pornografia infantil.

David Cameron apela a Google, Yahoo, Bing e aos restantes sites que impeçam os cibernautas de aceder a conteúdos com abusos de menores.

Os motores de busca “têm o dever de agir nesta matéria. Trata-se de um dever moral”, disse o chefe do Governo britânico, numa entrevista televisiva.

Cameron anunciou que o Governo está preparado para avançar com novas leis, no caso de as empresas responsáveis pelos motores de pesquisa na internet não estarem disponíveis para cooperar.