|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

Agência de "rating" diz que a austeridade em Portugal "não pode continuar para sempre"

18 mar, 2013

Analista refere ainda que o elevado desemprego registado na Europa é "socialmente explosivo".

Agência de "rating" diz que a austeridade em Portugal "não pode continuar para sempre"
O chefe da Standard & Poor's (S&P) na Alemanha diz que a austeridade não pode "continuar para sempre" em países como Portugal e Espanha e fala em consequências "explosivas".

"O elevado nível de desemprego em Espanha, Itália e França é socialmente explosivo", disse Torsten Hinrichs, citado pelo jornal alemão "Neue Osnabrücker Zeitung", considerando que "tem de haver um consenso social sobre as medidas de poupança [orçamental]".

Em relação a Espanha e a Portugal, o analista da agência de notação financeira sublinha que os cidadãos têm estado disponíveis para suportar as medidas de austeridade, mas "isto não pode continuar para sempre".

Na Itália, há um perigo adicional, considera Torsten Hinrichs. "Um novo Governo pode não ser forte o suficiente para fazer as reformas ainda necessárias para fortalecer o crescimento."

Hinrichs disse que a S&P ainda avalia a Alemanha com triplo A e perspectiva estável e não vê razão para preocupação: "É um dos poucos 'AAA' e países estáveis que nós ainda temos na Europa".