O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.

Arribas do Algarve em condições até ao início da época balnear

10 mai, 2012 • Gastão Costa Nunes

Praias da Oura, Santa Eulália, Maria Luísa, Prainha, Vau e Mariano estão entre as que foram alvo de intervenção, explica a Administração Hidrográfica do Algarve.
Arribas do Algarve em condições até ao início da época balnear
Arribas perigosas... Um deslizamento de pedras junto a uma falésia na praia de S. Bernardino, em Peniche, provocou seis feridos. PAULO CUNHA/LUSA
As intervenções nas arribas do Algarve ainda estão em curso, mas devem ficar concluídas antes do início da época balnear. O Inverno foi pouco severo, mas, ainda assim, houve arribas que ficaram instáveis e têm, por isso, de ser demolidas de forma controlada.

Sebastião Teixeira, da Administração Hidrográfica do Algarve, antevê intervenções "em meia dúzia de praias". “Já fizemos Oura, Santa Eulália e Maria Luísa e está previsto Prainha, Vau e Mariano. As intervenções são todas de saneamento das arribas, antecipar a queda, deitar abaixo o que está instável”, acrescenta.

"O propósito é deixar as praias mais seguras para que os frequentadores, durante a época balnear, tenham o maior nível de segurança possível”, explica Sebastião Teixeira.

As autoridades acreditam que os banhistas estão hoje mais conscientes do perigo das arribas, mas há ainda muitos veraneantes que desrespeitam a sinalização.