Associação de Famílias Numerosas

Agravamento fiscal será superior para famílias com filhos a cargo

29 nov, 2011

Associação fez proposta ao Governo mas ainda aguarda resposta.

A Associação Portuguesa de Famílias Numerosas afirma que o agravamento fiscal será superior para as famílias com filhos a cargo, com menor capacidade de reduzir despesas.

A secretária-geral da organização, Ana Cid Gonçalves, propõe uma alteração nos valores das deduções.

“O que nós propomos é uma alteração naquilo que se chamam as deduções personalizantes. O IRS é praticamente cego ao tamanho da família: a taxa é a mesma independentemente do tamanho e a diferença faz-se através do que se chama «deduções». Ora, a proposta do Orçamento do Estado corta muito substancialmente as deduções e penaliza mais as famílias com filhos a cargo relativamente a quem não tem filhos a cargo”, disse.

A responsável da Associação de Famílias Numerosas explica que a proposta apresentada teria impacto neutro para o Estado.

“A proposta que a associação entregou ao Governo tem impacto orçamental neutro e pretende fazer diminuir um bocadinho as deduções dos sujeitos passivos - dos contribuintes – e isso permitiria um aumento, sem qualquer encargo adicional orçamental – de 40% nas deduções dos dependentes”, acrescenta.

A Associação Portuguesa de Famílias Numerosas aguarda uma resposta do Governo sobre a proposta para a alteração do Orçamento do Estado que apresentou há mais de uma semana.