|

Escola de Abrantes investiga agressão a professora em sala de aula

24 set, 2014

A docente, que foi transportada para o hospital local, já teve alta. A agressora é mãe de uma aluna.

O agrupamento de escolas de Abrantes vai averiguar o incidente desta quarta-feira em que a mãe de uma aluna agrediu uma professora em plena sala de aula.

O director do agrupamento, Jorge Costa, garantiu à Renascença que este foi um caso pontual.

Segundo a PSP, a agressora é mãe de uma aluna que frequenta a escola básica nº 2, no Rossio ao Sul do Tejo, Abrantes.

A professora foi socorrida no local pelos bombeiros de Abrantes, transportada para o hospital local e, entretanto, já teve alta. “A senhora apresentava queixas mais relevantes nos membros superiores e inferiores. Foi devidamente estabilizada, avaliada e transportada para a unidade de saúde de Abrantes”, disse à Renascença o indica o comandante Duarte Teodoro.

A agressora foi identificada pela Polícia e o caso vai ser remetido para o Ministério Público.

Fonte do estabelecimento de ensino disse à agência Lusa que a professora em questão chamou os pais devido a situações de alegados maus comportamento do aluno.

"Os pais do aluno em questão entraram na sala de aulas, no início da primeira aula da manhã, culparam a professora pelo alegado mau desempenho comportamental do filho e agrediram-na nas mãos e num braço", acrescentou.