Ricardo Salgado detido. Está a ser ouvido pelo juiz Carlos Alexandre

24 jul, 2014

Antigo presidente executivo do BES foi detido no âmbito da “Operação Monte Branco”, uma investigação a uma rede organizada de fuga ao fisco e branqueamento de capitais.
Ricardo Salgado detido. Está a ser ouvido pelo juiz Carlos Alexandre
Ricardo Salgado detido. Está a ser ouvido pelo juiz Carlos Alexandre
Ricardo Salgado, antigo presidente executivo do BES, foi detido esta quinta-feira e vai ser ouvido esta manhã pelo Juiz Carlos Alexandre, confirmou a Renascença junto do Tribunal Central de Instrução Criminal. Ricardo Salgado chegou ao Campus da Justiça, em Lisboa, antes das 9h00, ao volante do seu carro. Deu entrada no edifício e seguiu de imediato para o gabinete do juiz Carlos Alexandre. A detenção do antigo banqueiro já foi confirmada pela Procuradoria-geral da República.

O antigo presidente executivo do Banco Espírito Santo (BES), Ricardo Salgado, foi detido esta quinta-feira e está a ser ouvido pelo juiz Carlos Alexandre, confirmou a Renascença junto do Tribunal Central de Instrução Criminal.

Ao que a Renascença apurou junto de fonte do tribunal, o antigo banqueiro é ouvido na qualidade de arguido, no âmbito da Operação Monte Branco.

Ricardo Salgado chegou ao Campus da Justiça, em Lisboa, antes das 9h00, ao volante do seu carro. Deu entrada no edifício e foi acompanhado de imediato para o gabinete do juiz Carlos Alexandre. O interrogatório foi interrompido por volta das 13h00, para almoço, e será retomado às 14h00.

A detenção do antigo banqueiro já foi confirmada pela Procuradoria-geral da República.

"Ao abrigo do disposto no art. 86.º, n.º 13, al. b) do Código de Processo Penal, torna-se público o seguinte: no âmbito do Processo Monte Branco, o Ministério Público (DCIAP) tem vindo a realizar várias diligências que culminaram com a detenção de Ricardo Salgado no dia de hoje", lê-se na breve nota da PGR, enviada às redacções.

Trata-se de uma investigação do Departamento Central Investigação e Acção Penal (DCIAP) a uma rede organizada de fuga ao fisco e branqueamento de capitais a operar em Portugal que, alegadamente, causou um prejuízo ao Estado de mil milhões de euros.

Ricardo Salgado já tinha sido ouvido pelas autoridades no âmbito do caso “Monte Branco”, no fim de 2012. O então presidente do BES prestou esclarecimentos no DCIAP "na sequência de uma vaga de notícias, baseadas em rumores especulativos, recentemente veiculadas por alguns órgãos de comunicação social", informou na altura uma nota da Procuradoria-geral da República.

Na altura, o mesmo documento, citado pelo “Jornal de Negócios”, garantia que Salgado “não está envolvido no processo Monte Branco, não é suspeito, nem há indícios de prática de ilícito fiscal".

A notícia da detenção de Ricardo Salgado foi inicialmente divulgada esta manhã pela Correio da Manhã TV, que acrescentava que Salgado terá sido detido na sua casa no Estoril.

[actualizada às 13h22]