|

 Confirmados

 Suspeitos

 Recuperados

 Mortes

Almirante Melo Gomes

Forças Armadas estão a perder capacidade operacional

26 set, 2013 • Ana Rodrigues

Ex-chefe de Estado Maior da Armada nota que está a haver um “retrocesso evidente” na área da segurança.

Forças Armadas estão a perder capacidade operacional

As Forças Armadas portuguesas estão a perder de forma preocupante a sua capacidade operacional, diz o Almirante Melo Gomes.

Em entrevista à Renascença, o ex-chefe de Estado Maior da Armada diz que a falta de investimento e de planeamento está a pôr navios em perigo, pilotos em fuga para os privados e quartéis vazios.

“Isto é propício a acidentes. Lembro-me que há 15/20 anos houve sucessivos acidentes e incidentes nos navios da Armada que depois desapareceram devido ao treino e a qualidade da formação foi muito incrementada. Neste momento estamos a assistir a um retrocesso evidente nessa área”, disse.

Já no Exército “verifica-se um despovoamento completo de efectivos de muitas unidades militares, o que obviamente lhes retira a capacidade operacional e a eficiência e desmotiva os seus elementos”.

Melo Gomes diz que, em sua opinião, “a capacidade operacional tem diminuído muito acentuadamente e se continuarmos neste caminho a irrelevância operacional vai ser uma realidade”. Tamanho descontentamento entre os militares só mesmo “antes do 25 de Abril”.

Já quanto à reforma nos estabelecimentos militares de Ensino, Melo Gomes aconselha o Ministério da Defesa a não mexer no que funciona bem, como é o caso do Colégio Militar.