Câmaras contestam privatização da água

09 jul, 2013 • António Pedro

Associação de Municípios avisa que se o processo avançar, as autarquias vão opor-se por todos os meios legais à sua disposição.

O conselho directivo da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) emitiu esta terça-feira um parecer negativo ao processo em curso de privatização do sector das águas e dos resíduos.

“Consideramos que é inaceitável a privatização de um sector tão importante e estratégico, em termos nacionais, como é o das águas e estamos também em desacordo com a privatização dos resíduos, como é proposto”, afirma o vice-presidente da ANMP. 

Rui Solheiro defende que “os municípios devem manter a responsabilidade política de garantir este serviço público e universal às populações”.

O responsável garante que se a privatização do sector das águas e dos resíduos avançar, as autarquias vão opor-se por todos os meios legais à sua disposição.