O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
Princípio e Fim

Valorizar os caminhos de peregrinos

26 jan, 2015 • Ângela Roque

No "Princípio e Fim" deste domingo falámos de peregrinos e de caminhos de peregrinação. A mensagem do Papa para o Dia das Comunicações Sociais também esteve em destaque.

É preciso sensibilizar as autarquias para a importância dos caminhos de peregrinação, que podem ser dinamizadores das economias locais. O alerta é feito por Isabel Blanco Ferreira, delegada do Centro Nacional de Cultura para o Caminho do Mar, que já tem marcos colocados em todo o concelho de Cascais. Falta agora avançar nos restantes 10, até Fátima.

Falámos também de um projecto de arquitectos do Porto para requalificar algumas rotas de peregrinação, e das principais preocupações de quem presta assistência aos peregrinos  de Fátima.

A família é o primeiro lugar onde se aprende a comunicar, lembra o Papa na mensagem para Dia das Comunicações Sociais, que este ano vai assinalar-se a 17 de Maio. A mensagem foi conhecida na sexta-feira, véspera da Solenidade de S. Francisco de Sales, padroeiro dos jornalistas. Em Bragança o dia foi assinalado com um encontro com vários profissionais dos média a quem o Bispo confidenciou estar muito preocupado com a solidão dos idosos, que considera "a maior pobreza da actualidade".

Ouvimos também Nuno Rosário Fernandes. Padre e jornalista, é o responsável pelo gabinete de comunicação do Patriarcado de Lisboa e director do jornal diocesano "Voz da Verdade". Veio contar-nos como despertou para a vocação do sacerdócio quando já estava a estudar jornalismo, e como consegue conciliar as duas coisas, agora que também tem a seu cargo uma paróquia na cidade de Lisboa.

No programa tiveram ainda destaque o encontro preparatório do Sínodo diocesano de Lisboa, que decorreu em Lisboa, e o Encontro Nacional de Leigos que reuniu mais de 800 participantes no Porto.

A crónica foi esta semana da responsabilidade do jornalista Joaquim Franco.