O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
Fernando J. Regateiro

“Oásis” – o vírus fatal!

21 set, 2012 • Fernando J. Regateiro

O que ontem era preto passa a branco! As viroses são assim!...  
O “oásis” é o vírus fatal para os primeiros-ministros. Depressa os infecta com realidades que só eles vêem e com gélida indiferença para cortarem com a sacralidade dos compromissos assumidos com o povo. O que ontem era preto passa a branco! As viroses são assim!...

As férias deveriam ter servido para o primeiro-ministro se tratar, com o remédio de peso disponível: abrir os olhos e ver um jovem em cada três desempregados, a queda de 3,5% na receita, o buraco de dois mil milhões de euros, o aumento de 84% das dívidas do Estado e EPE no 1º semestre de 2012!

Mas não, preferiu dar-nos o arroz. Não o tal por que esperava, enquanto vendia sonhos de Verão! Com mais austeridade, da que piorou as contas em vez de as equilibrar! Com actos de fé em receitas que já falharam! Com o supremo acinte de pôr o trabalhador a pagar os descontos das empresas para a TSU!

É o galopar da pobreza que julgávamos longe! É o afundar dos consensos políticos que nos davam crédito fora de portas!

Por isso, não nos espantemos com as multidões na rua. Ainda controláveis! Mas, até quando?