Homem detido no aeroporto de Lisboa foi treinado na Síria

06 jul, 2014

O suspeito, nascido em Angola, estava já a ser controlado por outros países estrangeiros e, segundo o jornal, está referenciado na Holanda, país do qual é cidadão.
Encontra-se em prisão preventiva o homem que na passada quinta-feira foi detido no aeroporto de Lisboa, armado com uma faca.

Trata-se de um Holandês, natural de angola, e que segundo o "Diário de Noticias" na sua edição de sábado, confessou às autoridades ter estado num campo de treino islamita na Síria no início deste ano.

O jornal cita uma investigação da Unidade Nacional de Contra-Terrorismo da Policia Judiciária sobre o homem que foi encontrado na noite de Quinta-feira na pista no aeroporto de Lisboa, próximo de um avião da companhia aérea angolana Taag, armado com uma faca com uma lâmina de cerca de 20 centímetros.

A intervenção das autoridades levou a que a partida do avião da Taag sofresse de um atraso superior a uma hora.

O suspeito estava já a ser controlado por outros países e, segundo o jornal, está referenciado na Holanda.

O suspeito foi ontem interrogado no Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa e ficou em prisão preventiva. O juiz terá entendido existir o perigo de fuga e a necessidade de dar tempo a uma investigação sobre a presença em Portugal.