O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
Paulo Alves

"Não fico com pena se Ibrahimovic ficar fora do Mundial"

25 out, 2013

Paulo Alves, antigo internacional português e ex-seleccionador dos sub-20, considera que Portugal terá que estar ao melhor nível para bater a Suécia, no "play-off" de acesso ao Mundial 2014.
Cristiano Ronaldo ou Ibrahimovic. Um dos dois ficará fora do Mundial 2014. O Brasil não terá oportunidade de receber, pelo menos, uma das maiores estrelas do futebol mundial. Para Paulo Alves, antigo avançado, a ausência do sueco "não aquece nem arrefece".

O treinador está preocupado é com a presença da selecção portuguesa: "Não fico com pena se o Ibrahimovic ficar de fora. Ficaria preocupado se Cristiano Ronaldo não fosse, mas sobretudo se Portugal não fosse".

Paulo Alves valoriza o colectivo em detrimento do individual, afirmando que, apesar da importância de Ronaldo, "Portugal está acima de tudo e terá que funcionar como um colectivo".

O antigo internacional português considera que o sorteio do "play-off", que determinou a Suécia como adversário, "não foi bom". Paulo Alves recorda que se trata de uma selecção "historicamente difícil para Portugal". De qualquer forma, na opinião do antigo seleccionador sub-20, a equipa de Paulo Bento "é favorita, tem condições para passar, mas terá que estar ao seu melhor nível".

Portugal disputa o "play-off" de acesso ao Mundial 2014 com os suecos, a 15 e 19 de Novembro. O primeiro jogo é no Estádio da Luz. A 2ª mão disputa-se na Suécia.