O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|

Conselheiros de Estado recebidos com assobios em Belém

21 set, 2012

À porta decorre uma vigília com centenas de manifestantes. Vítor Gaspar foi o primeiro a chegar e levou uma projecção "PowerPoint" para apresentar ao Conselho.
Já estão reunidos no Palácio de Belém os 19 conselheiros de Estado para um encontro com o Presidente da República, que conta também com um convidado especial, o ministro das Finanças, que foi o primeiro a chegar e levou uma projecção "PowerPoint" para apresentar.

À porta da reunião decorre uma vigília com centenas de manifestantes que protestam contra as recentes medidas de austeridade anunciadas pelo Governo. À medida que chegavam os carros com os conselheiros eram recebidos com assobios e gritos de “gatunos”.

Além de muitos reformados, o protesto conta também com militares e ex-fuzileiros. Espera-se mais pessoas já que a manifestação estava convocada nas redes sociais para as 18h00.

Durante a concentração vai ser cantada a "canção heróica" de José Gomes Ferreira e Fernando Lopes-Graça "Acordai!" – uma iniciativa promovida pelas cantoras líricas Ana Maria Pinto e Mónica Monteiro e pela professora de música Sofia Cosme, que também já reuniu cerca de meio milhar de adesões nas redes sociais, nomeadamente, membros de grupos corais.

Em cima da mesa no Conselho de Estado estão as mais recentes medidas de austeridade anunciadas pelo Governo. A reunião vai ter duas partes, na primeira, o ministro das Finanças vai fazer uma apresentação do estado das contas nacionais e a mais recente avaliação da "troika". Depois o ministro abandona o Conselho de Estado e o Presidente discute com os conselheiros as matérias apresentadas.

Antes desta reunião, ao final da manhã, em Évora, Cavaco Silva lembrou que nada é ainda definitivo e que as medidas que o primeiro-ministro anunciou têm que ser aprovadas pelos deputados.