O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|

Morreu o bombeiro que ficou ferido em Arganil

21 set, 2012

A vítima sofreu queimaduras no passado dia 15, quando seguia com mais quatro colegas na primeira viatura a deslocar-se para o combate a um incêndio em Barril de Alva.
O bombeiro que estava internado por ter ficado queimado no combate às chamas no concelho de Arganil, no mesmo incêndio em que uma bombeira perdeu a vida, morreu esta sexta-feira.

"Faleceu hoje o bombeiro de 3.º do Corpo de Bombeiros Voluntários de Coja, Pedro Manuel Santos Brito", refere um comunicado da Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP).

O bombeiro estava internado na unidade de queimados do Hospital da Universidade de Coimbra, "vítima de acidente trágico no combate ao incêndio que deflagrou no concelho de Arganil, no passado dia 15 de Setembro [sábado], que vitimou também a bombeira Patrícia Abreu".

A vítima sofreu queimaduras no sábado à tarde, quando seguia com mais quatro colegas na primeira viatura a deslocar-se para o combate a um incêndio florestal em Barril de Alva.

Além de um morto e um ferido grave, o acidente em Barril do Alva provocou ferimentos ligeiros em três bombeiros, que foram também levados para o hospital, mas já tiveram alta. Os bombeiros pertenciam todos ao Corpo de Bombeiros Voluntários de Coja.

O incêndio florestal em Barril da Alva, que chegou a ter quatro frentes activas, teve início às 15h49 de sábado e ficou dominado durante a noite.