O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.

Rei de Espanha corta o seu próprio salário

17 jul, 2012

Decisão foi anunciada numa altura em que a população contesta as medidas de austeridade anunciadas pelo Governo.
Rei de Espanha corta o seu próprio salário

O rei Juan Carlos de Espanha anunciou, esta terça-feira, um corte de 7,1% no seu próprio salário, em solidariedade com os funcionários públicos. Contas feitas, o monarca vai descontar 20 mil euros aos mais de 292 mil euros brutos que deveria auferir este ano.

Os cortes estendem-se também ao príncipe Filipe, que sofre um corte de 10 mil euros anuais, e à casa real, que vê agora o seu orçamento reduzido em 100 mil euros, depois do Orçamento do Estado prever um outro corte de 170 mil euros.

Com esta medida, o rei Juan Carlos de Espanha pretende manifestar solidariedade em relação ao povo espanhol, que recentemente viu o Governo aprovar um duro pacote de austeridade, que incluiu o corte do subsídio de Natal dos funcionários públicos e o aumento do IVA.

Estas medidas do Governo de Mariano Rajoy estão a ser contestadas pela população, que tem participado em manifestações por todo o país.