O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|

Psiquiatra português é o melhor jovem investigador na área de esquizofrenia

28 mar, 2015

Tiago Reis Marques tem 38 anos, é psiquiatra e especializou-se na área de esquizofrenia. É o primeiro português a ganhar o prémio de melhor jovem investigador nos Estados Unidos.

É português e psiquiatra. E foi distinguido nos Estados Unidos como o melhor jovem investigador na área de esquizofrenia. Tiago Reis Marques tem 38 anos e foi premiado no 15º Congresso Internacional de Investigação da Esquizofrenia, que distingue os melhores trabalhos de “investigação básica ou clínica”.

O investigador português, numa nota enviada à imprensa, esclarece que o trabalho que desenvolveu tem como objectivo entender "de que forma o stress provoca alterações cerebrais na conectividade cerebral” e a sua relação com a maneira como os doentes respondem ao tratamento.

Tiago lecciona e investiga no Instituto de Psiquiatria de Kings College, em Londres, e tem vindo a estudar a forma como novos medicamentos poderão actuar no tratamento das doenças psiquiátricas.

Acrescentou ainda que este prémio é “um reconhecimento” de todo o trabalho que desenvolveu junto da sua equipa e “um importante estímulo” para a sua carreira de médico e investigador.