Sérvio vence Porto Cartoon 2013

08 abr, 2013

O trabalho vencedor tem por título "Shipwreck" [naufrágio], onde num mar de dinheiro naufragam três barcos ("Liberdade", "Igualdade" e "Fraternidade") e várias figuras humanas. 
Sérvio vence Porto Cartoon 2013

Miro Stefanovic, da Sérvia, foi o vencedor do Grande Prémio do XV PortoCartoon-World Festival, organizado pelo Museu Nacional da Imprensa, subordinado ao tema "Liberdade, Igualdade e Fraternidade".
 
O trabalho vencedor tem por título "Shipwreck" [naufrágio], onde num mar de dinheiro naufragam três barcos ("Liberdade", "Igualdade" e "Fraternidade") e várias figuras humanas. 
 
O segundo prémio foi atribuído ao cartoon intitulado "Atrapados" de Boligán (artista cubano radicado no México) e o terceiro para "Libertea" de Wilem Rasing, da Holanda. 
 
Segundo divulgou o Museu Nacional da Imprensa "a elevada qualidade dos trabalhos" levou o júri internacional, presidido pelo holandês Peter Nieuwendijk, a atribuir oito menções honrosas a artistas de diferentes países: Bélgica (duas) , Inglaterra, Israel, Polónia, Roménia (duas) e Ucrânia. 
 
A edição deste ano teve ainda dois prémios especiais: um de homenagem ao cineasta Manoel de Oliveira e um outro ao prémio Nobel José Saramago. Os vencedores foram respectivamente Mauricio Parra, da Colômbia, e a Ivan Prado, autor espanhol residente na Alemanha.  
 
No Porto Cartoon 2013 estiveram em apreciação cerca 1700 obras, de mais de 500 artistas, oriundas de todos os continentes. O Irão é o país com mais participação: 121 trabalhos, de 41 cartoonistas. Seguem-se a Roménia, a Sérvia, a Turquia, Portugal e Bélgica 
 
Para além de Peter Nieuwendijk o júri integrava Xaquín Marín, fundador do Museo de Humor de Fene (Espanha), Francisco Laranjo, director da Faculdade de Belas Artes do Porto e Luís Humberto Marcos, director do PortoCartoon e do Museu Nacional da Imprensa. 
 
Os vencedores do XV PortoCartoon receberão os troféus e os prémios durante a cerimónia de abertura da exposição que decorrerá nas instalações do Museu Nacional da Imprensa, a 23 de Junho, aquando das Festas do S. João.