O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
Ouvir Emissão
Acabou de Tocar GEORGE MICHAEL / ELTON JOHN - DON'T LET THE SUN GO DOWN ON ME Acabou de Tocar

Últimas NotíciasPaísMundoPolíticaEconomiaReligiãoCulturaSaúde e CiênciaInfo A-ZEspeciaisPodcast

Quarenta pessoas assistidas devido a fuga de amoníaco

Incidente provocou sobretudo infecções nos olhos e na garganta e irritações na pele

Incidente ocorreu numa fábrica de abate de frangos, na Figueira da Foz. Foram retiradas das instalações 287 pessoas, sendo que o número total de funcionários ronda os 400.
29-06-2012 17:51

Uma fuga de amoníaco numa fábrica na Marinha das Ondas, na Figueira da Foz, provocou esta sexta-feira cerca de 40 feridos ligeiros. As vítimas são trabalhadores da fábrica Lusiaves. A grande maioria foi levada para o Hospital Distrital da Figueira da Foz

De acordo com o chefe de equipa do serviço de urgências da unidade hospitalar, José Couceiro, trata-se de pacientes "clinicamente estáveis, com alguma dificuldade respiratória".

Dez trabalhadores já tiveram alta e os restantes ainda estão em observação, sendo que não há nenhum caso considerado grave. Em causa estão sobretudo infecções nos olhos e na garganta e irritações na pele.

O segundo comandante operacional distrital de Coimbra, Paulo Rilha, adianta que uma outra vítima, com queimaduras num braço, foi levada para o Centro Hospitalar da Universidade de Coimbra. 

Ao todo, referiu ainda Paulo Rilha, foram retiradas da fábrica 287 pessoas, sendo que o número total de funcionários ronda os 400.  

Ainda de acordo com o segundo comandante operacional distrital de Coimbra, a fuga teve origem numa válvula do tanque de amoníaco, situado no exterior da fábrica, que rebentou, fazendo com que o químico se espalhasse.

No local, as autoridades já deram por encerrados os trabalhos de socorro e até já deram ordem para que a unidade fabril possa reabrir, refere Nuno Osório, comandante dos bombeiros municipais da Figueira da Foz.

A fuga de amoníaco ocorreu na fábrica da Lusiaves, um centro de abate de frangos, situado na localidade da Marinha das Ondas. O alerta foi dado pelas 14h55.

[artigo actualizado às 19h19]

PARTILHAR

Comentários (9)
  • » costa, famalicão, 30-06-2012 3:47

    estou um pouco preocupado eu sou celiente da lusiaves
  • » José Nunes, Bx.B., 30-06-2012 2:57

    Duas considerações acerca dos Comentários feitos:nos sistemas de refrigeração doméstica o amoníaco (NH3)só é usado nos sistemas de frio a petróleo ou de queimadores,mas aí o amoníaco está dissolvido na água, para no aquecimento provocar a sua evaporação,o gás NH3 não pode estar em contacto com o cobre pois destroi o mesmo torna-o quebradiço,segundo é expressamente proíbido utilisar o amoníaco como desinfectante,ainda mais em bens alimentares,não é muito comum haver 400 pessoas a trabalhar num matador,o abate é todo mecanizado,podem é existir diversas linhas de abate simultâneo,é Seguro trabalhar em sistemas de refrigeração com amoníaco,a maioria dos acidentes ocorrem por erro Humano e não por deficiências da instalação,durante 20 anos fiz montagem de frio industrial,e posso assegurar que é Seguro,pois estão protegidos por vários sistemas de segurança.
  • » JCR, Coimbra, 30-06-2012 2:20

    Paulo Rilha? Que é isto? O homem chama-se Palrilha! O tal 2º comandante de não se sabe o quê!
  • » José Nunes, Bx.BANHEIRA, 30-06-2012 0:15

    Noticia não correspomde há verdade,numa fuga de amoníaco podem existir feridos desde que o ácido apanhe os trabalhadores,caso contrário existirão intoxicações pela inalação de gases,e o amoníaco provoca queimaduras graves desde que exista contacto com tecidos,muitas corporações não sabem com tratar eficazmente estes casos,se a fuga fôr grande existirá derrame de liquido,caso contrário será gás,em ambos os casos o derrame de água sobre a fuga atenua o problema,deverá sempre evitar-se o derrame de liquido para não afectar os cursos de água.
  • » ALLPRIME, Viseu, 29-06-2012 23:17

    Amigo Carlos/Lisboa: Por favor consulte na Wikipédia a palavra "AMONIACO" e certamente, comprovará que se trata de uma substância usada em ciclos de compressão(refrigeração) à mais de 120 anos, isto é: dito de forma simples serve para que o seu frigorifico/arca mantenha os produtos a temperaturas que o possam ser consumidos sem riscos para a sua/nossa saúde...cumprimentos...
  • PUB
  • » Carlos, Lisboa, 29-06-2012 22:11

    O amoníaco é usado para matar bacterias na carne do frango.vejam no google
  • » Vizinho, Figueira, 29-06-2012 21:36

    Sou praticamente vizinho desta fábrica e digo-lhe, quando faz uma pesquisa de emprego nessa zona, esta fábrica aparece sempre com oferta aberta.
  • » jnf, lx, 29-06-2012 21:13

    imaginem o que não seria na assembleia da republica se os gases não fossem para a etár mais proxima,tinham que evacuar a zona menos nobre de lisboa....?
  • » Algarve, Faro, 29-06-2012 19:46

    A unica coisa fora do normal que li nesta noticia é haver 400 pessoas a trabalhar num matadouro de frangos.Como é que ainda existe matadouros a empregar tantas pessoas neste país?

Deixe aqui o seu comentário relativo a este artigo. Todos os comentários estão sujeitos a mediação.

Tem 1500 caracteres disponíveis

Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.


Entrar Renascença V+
Gás de botija vai ficar mais barato



INFORMAÇÃO      BOLA BRANCA      PROGRAMAÇÃO      MÚSICA      MULTIMÉDIA      OPINIÃO