Observadores elogiam “maturidade” de Angola nas eleições