O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.

O incêndio de Pedrógão Grande visto do espaço

18 jun, 2017 - 15:01

Imagens de satélite da NASA deste domingo mostram o grande incêndio que lavra desde a tarde de sábado na zona de Pedrógão Grande, Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pêra.
A+ / A-

Uma imagem de satélite da NASA, captada este domingo, 18 de Junho, permite ver claramente uma imensa espiral de fumo oriunda do grande incêndio que lavra em Pedrógão Grande, na zona de Leiria, desde a tarde deste sábado.

O fumo dos incêndios que alastram em Portugal pode ser visto a partir das imagens do site NASA Worldview, onde o incêndio no distrito de Leiria é bem visível.

O site da NASA Worldview permite accionar filtros que identificam incêndios, colocando uma bola vermelha nos pontos onde estes lavram.

Já este sábado se conseguia ver os focos do incêndio de grandes dimensões naquela zona do país.

[Notícia actualizada dia 18 de Junho às 22:44]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Manuel Pereira
    21 set, 2017 Pedrógão grande 12:07
    Sou bombeiro voluntário, desde 1973, e não me lembro de um fenômeno assim teria algumas coisas para comentar mas não adianta nada porque já não trás nada de volta.
  • Clara
    20 jun, 2017 Setubal 16:19
    A culpa da tragédia na EN 236-1, apelidada agora de “estrada da morte”, deve ser da Protecção Civil, que tem a competência em coordenar toda a acção no teatro de operações. Compete-lhe a avaliação e previsão da progressão da linha de fogo. Devia emitir alertas para as populações, e aconselha-las, assim como, cortar a circulação do trânsito em vias potencialmente perigosas. Não foi capaz de cumprir a sua missão... E depois deparamo-nos com um outro problema... E haver pessoas e meios para fazer tudo isto?!
  • Manuel Costa
    19 jun, 2017 Agueda 19:21
    Algumas pessoas com conhecimento têm dito e escrito que todos os diagnósticos já foram feitos sobre os incêndios e a sua origem, só falta ação. Todos os governos, e este não é exceção, falam muito, vão em magotes para os locais dos incêndios proclamar soluções e depois é o que se vê. Para descanso dos portugueses até já têm antecipadamente a pura convicção de que tudo está a ser feito para combater os incêndios e que todos estão a fazer o seu melhor!?... Pura propaganda. Como diz um Prof. Universitário, especialista de incêndios, o fogo nasce pequeno e é nesse momento que tem de ser atacado. Se já for grande e em período de seca fica incontrolável. Parece que foi o que aconteceu em Pedrógão Grande. Mas o governo, e o comentador Marcelo, querem tapar-nos os olhos com o argumento que tudo foi feito. Só que não nos explicam onde estavam os bombeiros nas primeira hora do incêndio quando ficou incontrolável?!...
  • Sofia
    19 jun, 2017 Lisboa 15:05
    Um governo, que cobra impostos e taxas, é incapaz de proteger os seus cidadãos numa estrada nacional?
  • Jaime Conceição
    19 jun, 2017 Marinha Grande 08:06
    Há dezenas de anos que assistimos a mais do mesmo! Falta de planeamento florestal, excesso de eucalipto, falta de limpeza da mata, legislação que não funciona ( nisto e noutros casos, para haver a bendita impunidade!!!), inexistência de coordenação e cooperação entre órgãos institucionais( continuamos com ilhas e quintas!!!). Em resumo corrupção e incompetência no seu estado puro! Quem tem governado durante todo esse tempo? PS, PSD e CDS!!!!!!!!! Agora vão a correr votar novamente nesta gente!! Para mim é voto NULO há muito tempo!
  • Robert
    18 jun, 2017 Paris 23:17
    O incêndio de Pedrogao Grande, nāo é por azar que isto aconteça !..o que é que fazem os políticos? E aproteçāo civil ? Agora , que as vítimas , Aquelas que se salvaram, veem os políticos fazer " pitié " , decretando ( 3 dias de luto) mas os pobres abandonados, morreram! E os que se salvaram, tudo perderam, e vem o Marcelo ao local abraçar, os outros políticos que lá se encontravam. Tudo isto é uma fantochada.A culpa não morreu só ! Também há responsáveis, e esses devem demitir-se.Como diz o provérbio francês ( O malor des uns, fait le bonneur des autres) é o que se está a passar com essa tragédie. Até mesmo um secretário de estado que dizia aquilo que não sabia. Outro incompétente como os que por lá passaram. Veijam a política socialiste aqui em França !..
  • José Gusmão
    18 jun, 2017 Belém 20:51
    Demasiada incompetência . É de lamentar as vítimas e famílias deste desastre que todos os anos assistismos por todos os meios de comunicacao .talvez no próximo semestre falaremos das cheias.de inverno aonde para os responsáveis que governam este país .
  • aa
    18 jun, 2017 aa 17:41
    Os políticos irresponsáveis deviam-se demitir.
  • aa
    18 jun, 2017 aa 17:41
    Os políticos irresponsáveis deviam-se demitir.
  • Bela
    18 jun, 2017 Coimbra 17:35
    Li que há quem refira a falta de limpeza das matas um dos grandes problemas para a fácil propagação do fogo. Talvez! Mas, a plantação de árvores, sobretudo eucaliptos junto às casas não beneficia nada. O pior é que são as instituições responsáveis do ordenamento florestal a permitir que tal aconteça. Porque?