A+ / A-

​PCP vota contra pesar pela morte de Belmiro de Azevedo

29 nov, 2017 - 18:18

"A Sonae está hoje presente na comunicação social, telecomunicações, retalho, desenvolvendo ao mesmo tempo, através da sua fundação, uma obra social muito assinalável nos domínios da educação, cultura e solidariedade", refere o voto de pesar aprovado no Parlamento.
A+ / A-

A Assembleia da República aprovou um voto de pesar pela morte do empresário Belmiro de Azevedo, falecido esta quarta-feira, manifestando "total solidariedade" à família e amigos, apesar dos votos contra de PCP e abstenções do Bloco de Esquerda e do Partido Ecologista "Os Verdes".

"A Sonae está hoje presente na comunicação social, telecomunicações, retalho, desenvolvendo ao mesmo tempo, através da sua fundação, uma obra social muito assinalável nos domínios da educação, cultura e solidariedade", lê-se no texto.

Os deputados destacaram ainda o percurso do homem nascido no Marco de Canaveses em 1938 que "soube transformar a Sonae numa referência internacional".

Em 2006, o engenheiro de formação foi condecorado com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique pelo então presidente da República, Jorge Sampaio.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Alves
    03 dez, 2017 Far 20:37
    "Incompreensível atitude de PCP e Bloco..." Ainda há quem não compreenda a atitude do PCP??? A Revolução Bolchevique já foi há cem anos! Acordem!
  • F. Almeida
    01 dez, 2017 Porto 01:09
    Nunca simpatizei com o comunismo, motivo porque sempre tive um profundo desprezo por aqueles que teem contribuido para a sua exist^encia
  • pois é!
    30 nov, 2017 lx 13:42
    Depois o PCP que não se queixe que estão a perder votos! Estas atitudes são politicamente irresponsáveis nos dias de hoje! Não é por fazerem parte da actual solução governativa que perdem votos!...
  • rui bessa
    30 nov, 2017 porto 02:28
    Incompreensível atitude de PCP e Bloco de esquerda que não valorizam devidamente pessoas que através da sua iniciativa e ambição fizeram e fazem progredir o nosso país. Era importante para o nosso país que houvesse muitos mais Belmiros. Com a sua atitude estão a desrespeitar todos os empresários deste país. Quem cria o seu próprio negócio e gera empregos desempenha um papel que deve ser muito mais reconhecido que os outros. Para além de darem emprego a outras pessoas, trabalham muito mais, têm disponibilidade total para a sua atividade, arriscam património e se o negócio correr mal não têm qualquer proteção/ajuda por parte do estado. É importante que se valorizem os empresários deste país porque apesar de serem realmente importantes muito mal tratados têm sido por parte dessas pessoas . As pessoas desses partidos que criem elas próprias empresas de sucesso que possam gerar empregos nas condições que os seus partidos defendem. Essa seria a melhor forma de contribuírem para o desenvolvimento do nosso país.
  • julia santos
    30 nov, 2017 lisboa 01:47
    Portugal está atulhado de imbecis, invejosos e consequentemente comunistas...o que é uma redundância. Estão pobres e com um ordenado miserável, e os culpados são os empresários? Ohh seus idiotas de meia tijela, vocês quando vão receber o salário não sabem ver o recibo? Quando vão à bomba de gasolina não sabem que dois terços são impostos, não sabem a carga fiscal do patrão que é roubado e consequentemente não sobra nada para aumentar salários, quando pagam a luz não sabem que tem lá uns extras para vos embrutecer na TV estatal com altos salários a seres abjectos, não sabem que estão a pagar a lobbies que compraram o legislador? Não sabem quantos impostos tem um simples automóvel? Quando pagam o gás igual, quando compram pão, leite, fruta, carne, peixe, não sabem que o estado leva tudo em fatias para vos entregar uns serviços mal amanhados, muitos deles que ninguém precisa, quando a vossa câmara municipal cobra derrama às empresas está a roubar parte do vosso salário, para gastar em foguetes, que o IMI é um crime que vos tira pão da mesa?! Além de pobres, invejosos, são umas bestas quadradas.
  • PORTUGUÊS
    29 nov, 2017 BELEM PARÁ BRASIL 21:37
    A ESQUERDA NÃO TOLERA O SUCESSO NO CAPITAL ABERTO, SEQUER RESPEITA NESTA HORA , O EMPRESÁRIO QUE DIGNIFICOU COM TRABALHO , SUCESSO E COM CERTEZA MUITAS DIFICULDADES O NOME DE PORTUGAL ! SERÁ POR NÃO PERMITIR EM SEUS CONCEITOS O CRESCIMENTO ECONÓMICO DAS PESSOAS E EMPRESAS ? REALMENTE NOS PAISES COMUNISTAS , COM EXCEÇÃO DA CHINA QUE PARA CRESCER PRECISOU ABRIR AO CAPITALISMO E A RELATIVA EVOLUÇÃO DA RUSSIA NO PÓS GORBACHOV, É UMA POBREZA DESGRAÇADA COMO POR EXEMPLO A CALOTEIRA VENEZUELA E CUBA . INCRIVEL COMO UMA SISTEMA FALIDO CONSEGUE TANTOS SEGUIDORES ! ALIÁS, SÓ EM SOCIEDADES POBRES DE EDUCAÇÃO E RICAS EM CORRUPÇÃO SE VÊ ESTE FENOMENO ! NO COMUNISMO O SUCESSO É RESTRITO AO DITADOR , SEUS FAMILIARES E MANDATÁRIOS MAIS PRÓXIMOS.