O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
Ouvir Emissão
Acabou de Tocar TIMBALAND / ONE REPUBLIC - APOLOGIZE Acabou de Tocar

Últimas NotíciasMundial 2014PortoSportingBenficaFutebol NacionalFutebol InternacionalModalidadesClubePortugalEspecial de CorridaEspeciaisPodcast

Académica-Benfica

Jesus culpa Xistra pelo empate

Jesus culpa Xistra pelo empate

  • Vídeo Pedro Emanuel elogia jogadores da Académica

  • Foto

"Não vamos branquear nada", atirou o treinador do Benfica. "O que  se passou aqui hoje foi uma vergonha", reforçou. Na sala de imprensa, o treinador não respondeu a perguntas. Do outro lado, elogios de Pedro Emanuel aos jogadores da Académica.
23-09-2012 22:11

O treinador do Benfica, Jorge Jesus, atribuiu ao árbitro do Académica-Benfica, Carlos Xistra, a responsabilidade pelo facto de a sua equipa não ter conseguido vencer em Coimbra.

"Não vamos branquear nada", atirou o treinador vice-campeão nacional nas declarações logo após o final da partida, à SportTV, concluindo: "O que  se passou aqui hoje foi uma vergonha".

"É verdade que podíamos estar a ganhar por 3-0 aos dez minutos, mas a verdade - e a Académica não tem nada a ver com isto - é que a arbitragem pôs-nos sempre numa situação desfavorável", desabafou.

Para Jesus, os dois penalties assinalados contra o Benfica não existiram: "O do Maxi foi fora de áreas e o outro, se fosse no basquetebol, era falta ofensiva".

"O árbitro condicionou-nos muito, a verdade é que ajuizou mal e tirou.-nos a possibilidade de ganharmos aqui", rematou Jesus.

O treinador do Benfica foi de imediato para a sala da imprensa onde fez apenas uma declaração, cujo conteúdo foi exactamente o das declarações à SportTV. Findo o discurso, Jesus abandonou a sala de imprensa.

Garay retirado da zona de entrevistas
Na zona de entrevistas da SprotTV, compareceu, do lado dos jogadores do Benfica, o aregntino Ezequiel Garay, que começou por afirmar: "O árbitro condicionou-nos muito".

"É uma vergonha" foi outra frase pronunciada por Garay, antes de ser afastado do local por um responsável da Benfica, de acordo com o repórter do cnal televisivo.

Pedro Emanuel elogia jogadores
O treinador da Académica, Pedro Emanuel, descreveu o jogo como "um grande espectáculo, bem disputado, com duas equipas competitivas".

Mais tarde, na sala de imprensa, o treinador disse que a prestação dos seus jogadores foi "heróica".

O técnico da Académica reconheceu que "o Benfica entrou muito melhor" e que a sua equipa teve "alguma sorte, nas parte inicial do jogo", mas sublinhou o esforço dos seus jogadores: "Estiveram extraordinários, com um espírito colectivo muito forte".

Pedro Emanuel não disse que a Académica merecia ganhar, mas viu de modo peculiar a "bomba" de Lima que fixou o resultado: "Sofremos o empate num lance que é mais demérito nosso, mas é assim o futebol".

PARTILHAR

Comentários (5)
  • » Vira o disco..., Porto, 25-09-2012 9:40

    É muito fácil ser treinador do Benfica quando perde é culpa do árbitro quando ganha é graças ao treinador (o mestre da tecnó-tática). Se o Benfica tivesse marcado aqueles golos de baliza aberta agora não estavam a carpir e nem se lembravam das arbitragens. A diferença entre o Benfica e o FC Porto não está nas arbitragens está sim na capacidade em dar a volta a uma adversidade. Daí se pensar que o FCPorto não é vítima de erros de arbitragem. Por mim até acho alguma graça a esta paranóia benfiquista (até os alemães estão a conspirar contra eles!!!), mas a falência técnica esta-me a deixar preocupado, estou mesmo a ver que vai sobrar para todos os portugueses pagarem a sua dívida em troca de votos para um qualquer partido como já aconteceu. Assumam os vossos erros e deixem-se de tretas e joguem futebol.
  • » RM, Porto, 24-09-2012 10:53

    Pois, não ma apercebi ta tanta indignação, quando este mesmo senhor "marcou" o 1-3 em pleno estadio da luz á dois anos com o F C Porto no jogo da taça de Portugal.
  • » Galileu, Gondomar, 24-09-2012 9:33

    E os senhores da Bola Branca o que acham que se passou? Porque, ou são jornalistas e comentam o jogo, ou então parem de enganar as pessoas, metendo na boca dos outros o que não parece ter coragem de dizer.
  • » Pedro Henriques, Esmoriz, 24-09-2012 0:00

    Este foi um dos maiores escândalos da história do futebol português. Noutro país, Xistra não apitava mais...
  • » jorgelisakassi@hotmail.com, chur, 23-09-2012 22:53

    e uma vergonha ja comecao a levar o porto ao colo outra vez isto nao muda
  • PUB

Deixe aqui o seu comentário relativo a este artigo. Todos os comentários estão sujeitos a mediação.

Tem 1500 caracteres disponíveis

Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.


Entrar Renascença V+
Divulgação de caderno de encargos poderia "facilitar diálogo" na TAP



INFORMAÇÃO      BOLA BRANCA      PROGRAMAÇÃO      MÚSICA      MULTIMÉDIA      OPINIÃO