Pedro Proença é o novo presidente da Liga de Clubes

28 jul, 2015

Ex-árbitro bate Luís Duque em votação equilibrada nas urnas e torna-se no oitavo presidente a liderar os destinos da Liga. Aos 44 anos, Pedro Proença entra definitivamente na rota do dirigismo do futebol português.
Pedro Proença é o novo presidente da Liga de Clubes
Pedro Proença foi eleito, esta terça-feira, como novo presidente da Liga de Clubes para o quadriénio 2015-2019, sucedendo a Luís Duque, contra quem disputou as eleições para a liderança do organismo.

O ex-árbitro, de 44 anos, director financeiro de profissão e especialista em gestão de insolvências, bateu o ex-dirigente do Sporting com 32 votos a favor, num universo total de 55 [dois para cada clube da Primeira Liga e um para cada emblema da Segunda Liga]. Duque ficou-se pelos 23 votos, pelo que se percebe que a eleição foi relativamente equilibrada.

Os 37 clubes dos campeonatos profissionais votaram, sem abstenções, no acto eleitoral levado a cabo na sede da Liga, no Porto. Proença tinha o apoio declarado de FC Porto e Sporting, embora tivesse o expresso voto contra do Benfica.

A tomada de posse dos novos órgãos sociais da Liga, com Proença à cabeça do organismo, está marcada para as 17h00 de quinta-feira, no auditório da sede da Liga de Clubes. Contudo, está prevista uma declaração do ex-juiz aos jornalistas para as 20h10 desta terça-feira, na sede da Liga.

Pedro Proença, considerado como o melhor árbitro português de sempre, entra no restrito lote de presidentes do organismo que tutela as competições profissionais do futebol português, juntando-se a nomes como Pinto da Costa, Manuel Damásio, Valentim Loureiro, Hermínio Loureiro ou Fernando Gomes, actual presidente da Federação Portuguesa de Futebol.

[notícia actualizada às 19h00]