Vinte anos e 17 títulos depois, Hilário tira as luvas

05 ago, 2014

Guardião português, internacional "AA" por uma ocasião, encerra carreira. Hilário representava o Chelsea desde 2006 e será agora treinador de guarda-redes nas camadas jovens dos "blues".
Vinte anos e 17 títulos depois, Hilário tira as luvas
Hilário anunciou, esta terça-feira, aos 38 anos, o encerramento da carreira de guarda-redes profissional, dando por concluída um longo período de duas décadas entre os postes.

O guarda-redes português, internacional "AA" por uma ocasião, revelou a decisão através da rede social Instagram, anunciando que irá agora assumir o cargo de treinador de guardiões nas camadas jovens do Chelsea, último clube da sua carreira e que representava desde 2006.

"Após 20 anos como guarda-redes profissional, tomei a difícil decisão de pendurar as minhas luvas! Não foi uma decisão repentina ou uma decisão fácil mas não poderia recusar a oferta que o Chelsea me fez. Agora terei a oportunidade não só de continuar ligado ao futebol mas de passar a minha experiência e conhecimento a uma nova geração de guarda-redes. Quero deixar um grande agradecimento aos clubes que tive o orgulho de representar e a todos com quem trabalhei. Estarei sempre grato. Sinto-me um sortudo e um privilegiado por ter trabalhado com jogadores e treinadores de classe mundial. Por fim, e não menos importante, um grande agradecimento aos adeptos que me apoiaram ao longo destes anos", escreveu Hilário.

Formado no FC Porto, o guarda-redes natural de São Pedro da Cova começou por representar a Naval, seguindo-se passagens por Académica, Estrela da Amadora, Varzim e Nacional antes de rumar ao Chelsea, no Verão de 2006. Ao serviço do FC Porto, Henrique Hilário Meireles Alves Sampaio actuou pelos azuis e brancos durante cinco temporadas, intervaladas com cedências a outros clubes.

Ao longo de 20 anos, Hilário registou vários títulos conquistados, com destaque para uma Liga dos Campeões (2012) e uma Liga Europa (2013), ambas ao serviço do Chelsea. O guarda-redes foi ainda campeão nacional de Portugal por duas ocasiões, ao serviço do FC Porto, tendo conquistado quatro Taças de Portugal e duas Supertaças. Em solo britânico, arrecadou uma Liga Inglesa, uma Taça de Inglaterra, uma Taça da Liga e uma Supertaça.