O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

Catalunha. Presidente do governo suspende comunicação

26 out, 2017


Comunicação de Carles Puigdemont chegou a estar prevista para as 12h30 e depois para as 13h30. Antes de ser suspensa, a imprensa espanhola avançava que Puigdemont ia anunciar a convocatória de eleições.

Foi suspensa a comunicação do presidente do Governo catalão, Carles Puigdemont. A imprensa espanhola, citando fontes do partido independentista Junts pel Sim (JxSí), avançava que Puigdemont ia anunciar a convocação de eleições antecipadas na região.

A comunicação de Puigdemont chegou a estar prevista para as 12h30 (hora de Lisboa) e depois para as 13h30, mas depois foi suspensa. "A declaração está suspensa", disse o porta-voz do governo, sem adiantar qualquer explicação sobre esta alteração.

Antes de ser suspensa, a imprensa espanhola avançava que Puigdemont ia anunciar a convocatória de eleições.

Os deputados destes partidos foram convocados esta quinta-feira de manhã por Carles Puigdemont para analisar os cenários que estão em aberto, no mesmo dia em que a sessão plenária que irá para responder ao artigo 155.º da Constituição, cuja aplicação suspenderia a autonomia da Catalunha (algo inédito em 40 anos de democracia em Espanha).

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • No país da diversão
    26 out, 2017 Lisboa 14:53
    No país da diversão vale quase tudo para desviar a atenção do essencial e manipular as pessoas. Como não temos notícias cá temos de ir pegar informação insignificante a outros países! A Catalunha é um assunto interno de Espanha, depois aquilo que não aconteceu nem sequer é informação. Mas grandes culpados deste tipo de jornalismo da diversão são o povo que compactua com isto e ainda gosta de ser manipulado!