O Mundo em Três Dimensões
Números que contam histórias de segunda a sexta-feira (05h40, 17h50 e 21h05).
A+ / A-
Arquivo
O Mundo em Três Dimensões - Consumo de vinho - 24/05/2017
O Mundo em Três Dimensões - Consumo de vinho - 24/05/2017

O Mundo em Três Dimensões

54 litros per capita. Portugal é o maior consumidor de vinho do mundo

24 mai, 2017 • André Rodrigues , Paulo Teixeira (sonorização)


Os números da Organização Internacional da Vinha e do Vinho são de 2015. 4,8 milhões de hectolitros produzidos a dividir por 7.5 milhões de consumidores portugueses dá 54 litros de vinho por português por ano. É o valor per capita mais alto em todo o mundo. Mais do que os franceses e do que os italianos que também são fortes na produção vitivinícola.

Portugal é terra de boa comida e de bom vinho. E nós, portugueses, somos mesmo os campeões de consumo de vinho. De acordo com o mais recente levantamento feito pela Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV), cada português consome 54 litros de vinho por ano. É o valor mais alto em todo o mundo.

Além disso, Portugal é o nono exportador mundial de vinhos com uma facturação que ultrapassa os 730 milhões de euros.


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • J.Leitão
    25 mai, 2017 Benquerença 11:53
    A média ( 54 a dividir por 365 ) é pequena.
  • Joao Pestana
    24 mai, 2017 Viana 21:50
    Ora bem, "somo o maior consumidor de binho" isso significa o quê ? Que somos os maiores bebedolas ? Então e quem é o maior bubedor de cerveja ? E de vodka ? e de leite ? Os boches ou os bifes não serão mais bebedolas doque os tugas ?
  • rosinda
    24 mai, 2017 palmela 21:15
    muitos comentarios negativos! ninguem quer assumir que e bebado!
  • MAMM
    24 mai, 2017 Lisboa 12:58
    Só o jornalista que publicou a notícia e o economista que fez esta linda conta, deviam ter bebido ("aantes" do resultado) muito mais que a média que acharam. Não acham?
  • JR
    24 mai, 2017 Lisboa, Puto 12:22
    Mais vale ser um bêbado conhecido que um alcóolico anónimo.
  • José António
    24 mai, 2017 Setubal 12:08
    Salvo algumas excepções, muito do vinho, cerveja e bebidas destiladas, produzidas, vão para exportação, há que contar também com as importações. Noticia ingénua, simplista, peca pela falta de rigor jornalístico.
  • Luís M
    24 mai, 2017 Braga 11:57
    Senhor jornaleiro, quem produz não é necessariamente quem consome. Como refere na sua notícia Portugal é o 9 exportador.
  • JOSE
    24 mai, 2017 COIMBRA 11:52
    Ó SRS ILUMINADOS, JÁ CONTABILIZARAM QUE PAIS CONSOME MAIS BEBIDADAS BRANCAS DO MUNDO? OS PORTUGUESES PODEM ATÉ BEBER MAIS VINHO! MAS É PARA O DINHEIRO QUE TEEM, NÃO DÁ PARA MAIS!
  • Eusébio
    24 mai, 2017 Ourém 11:34
    É isto que eu chamo jornalismo de esquina. Existe uma enorme diferença entre produzir e consumir, mas para o jornalista autor da notícia é a mesma coisa. É o que temos...
  • Francisco Torres
    24 mai, 2017 Viana do Castelo 11:28
    O sr jornalista não contabiliza os turistas???...Passa um certificado de alcoólicos, quando na verdade a questão é que esta reportagem é um peido embrulhado numa bola de sabão. O sr que pretende ser jornalista, é manifestamente incompetente e presunçoso!!!!...DEMITA-SE!!!!