A+ / A-

Maratonista pára para ajudar rival em dificuldades na maratona de Londres

24 abr, 2017


Matthew Rees viu David Wyeth a cambalear, já sem energias, e não ficou indiferente.

O desportivismo falou mais alto. Matthew Rees estava na recta final da Maratona de Londres, mas parou para ajudar outro atleta que, apesar de estar em grandes dificuldades físicas, se recusava a desistir tão perto da meta.

O maratonista do Swansea Harriers Athletics Club viu David Wyeth, do Chorlton Runners, a cambalear, já sem energias, e não ficou indiferente.

Matthew colocou a mão atrás das costas de David e transmitiu-lhe palavras de alento para as dezenas de metros que faltavam para acabar a prova.

Um membro da organização também se apercebeu da situação e correu para ajudar o atleta em dificuldades.

David terminou a maratona de Londres levado em ombros, num momento de desportivismo que está a correr mundo.

O gesto de Matthew Rees foi elogiado pela organização de uma das mais importantes provas do mundo: “resumiu tudo o que é especial na maratona de Londres. Saudamos-te”.

O clube Chorlton Runners também agradeceu a atitude de Matthew Rees, que não ficou indiferente ao sofrimento de outro atleta.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.