A+ / A-
Álvaro Magalhães

"Vai aparecer um tubarão a oferecer uma fortuna ao Benfica por João Félix"

05 fev, 2019


Os 120 milhões de euros que o Benfica pede por João Félix não surpreendem o antigo lateral dos encarnados.

A figura do momento na Luz é João Félix, que tem o Real Madrid entre os potenciais interessados no mercado.

Luís Filipe Vieira já terá informado o empresário Jorge Mendes que o ponto de partida para negociar uma transferência do melhor estreante desta época no futebol europeu, são os 120 milhões de euros previstos na cláusula de rescisão do contrato, válido até 2023.

Na opinião de Álvaro Magalhães, antigo jogador e que, como treinador-adjunto do Benfica trabalhou com jogadores da formação como Manuel Fernandes ou João Pereira, aos 19 anos, João Félix revela qualidades para se tornar num caso único no futebol português.

Álvaro Magalhães não duvida que os tubarões têm os radares apontados ao avançado e não estranharia se, a curto prazo, se concretizasse uma transferência pelos números de que se fala.

"O mercado é mesmo assim. Penso que o João Félix é um jogador fantástico. Está a mostrar a sua qualidade num grande clube. Há outros que não têm tanto valor e também se fala de muitos milhões. Está no bom caminho e vai ser cobiçado pelos grandes clubes do mundo. São valores muito altos por um jogador mas tenho a certeza que vai aparecer um tubarão a oferecer uma fortuna ao Benfica", referiu em entrevista a Bola Branca.

João Félix, de 19 anos, já realizou, esta época, 21 jogos com a camisola da equipa principal do Benfica, tendo marcado oito golos, alguns deles decisivos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • João Coelho
    05 fev, 2019 Viseu 22:18
    Quer dizer......vão aparecer uns estúpidos para ser enganados