A+ / A-

Embaixada portuguesa em Caracas reforça segurança

03 fev, 2019 • Redação


Agentes de Operações Especiais da PSP chegam este domingo à Venezuela. No país vive uma grande comunidade portuguesa e luso-descendente.

Veja também:


A embaixada portuguesa em Caracas está a reforçar a segurança, perante o cenário de instabilidade que se vive no país.

Uma aeronave Falcon da Força Aérea transportou polícias para a Venezuela.

Os agentes Grupo de Operações Especiais da PSP chegaram este domingo a Caracas para garantirem a segurança da embaixada portuguesa e, segundo fonte contactada pela Renascença, ficarão o tempo que for necessário.

Na Venezuela vive uma grande comunidade portuguesa e luso-descendente, embora muitos emigrantes portugueses tenham optado por regressar ao seu país de origem ao longo dos últimos anos.

O país sul-americano tem vivido anos de grande instabilidade sob o regime liderado primeiro por Hugo Chávez e agora por Nicolás Maduro. Há pouco menos de duas semanas um dos líderes da oposição, Juan Guaidó autoproclamou-se Presidente interino da Venezuela, um gesto rejeitado pelo regime e por Nicolás Maduro, mas que recebeu apoio imediato de grande parte da comunidade internacional.

Caracas tem sido palco de grandes manifestações, a favor e contra Maduro, num ambiente de grande tensão.

[Notícia atualizada às 14h36]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.