A+ / A-

Sobe para quatro o número de mortos de ataque contra turistas no Egipto

29 dez, 2018


Explosão de bomba atingiu autocarro a caminho das famosas pirâmides de Gizé.
Egipto. “Não há nenhum país do mundo 100% a salvo destes ataques”
Egipto. “Não há nenhum país do mundo 100% a salvo destes ataques”

Aumenta para quatro o número de mortos do atentado contra um autocarro de turistas ocorrido, sexta-feira, perto das pirâmides de Gizé, no Egipto.

As vítimas mortais confirmadas são três turistas vietnamitas e um guia egípcio, que foram apanhados pela explosão de uma bomba colocada junto à estrada, nos arredores do Cairo.

De acordo com o mais recente balanço oficial, nove turistas e o condutor do autocarro ficaram feridos.

A autoria do ataque ainda não foi reivindicada.

Os turistas pretendiam visitar as famosas pirâmides de Gizé, onde ia acontecer um espetáculo de luzes e som.

“Íamos para o espetáculo quando, de repente, ouvimos uma bomba. Foi terrível, pessoas a gritar”, conta Lan Le, de 41 anos, que escapou ilesa ao ataque.

Na resposta a este atentado, as forças de segurança do Egipto mataram 40 terroristas, de acordo com a agência estatal.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.