A+ / A-

Passagem de ano em oração para 12 jovens da Guarda

27 dez, 2018 • Liliana Carona


Partem na madrugada de sexta-feira rumo a Madrid, para participarem no 41.º Encontro Europeu de Taizé. Milhares de jovens oriundos de toda a Europa, vão estar reunidos em espírito de oração e música.

O padre Rafael Neves vai deixar por uns dias a paróquia de Santa Marinha, em Seia, acompanhado por uma dúzia de jovens com destino a Madrid, ao Encontro Europeu de Jovens. O grupo parte na madrugada de sexta-feira.

O responsável da pastoral juvenil, universitária e vocacional da diocese da Guarda considera que “o encontro europeu tenta proporcionar aos jovens o modo de vida que se respira em Taizé”.

"O dia-a-dia é marcado por muitas atividades, mas todas essas atividades partem da oração e desembocam na oração”, precisa o sacerdote, de 33 anos.

Passar o ano novo em oração foi uma ideia que passou pela cabeça de Patrícia Amaral, 20 anos, que estuda ciências da educação. “Acho que vai ser interessante. As pessoas pensam que rezar é estar sentado a ouvir discursos moralistas, mas nesta experiência é diferente: há beleza, vamos ouvir as músicas que eles têm preparadas para nós e viver uma nova experiência nas nossas vidas.”

Agostinho Abreu, 20 anos, estudante de enfermagem, também já fez as malas. “Já participei em Lisboa, foi uma experiência enriquecedora e porque não ter este ano uma passagem de ano diferente com Jesus?”, diz.

Em Madrid, muitas famílias vão estar disponíveis para abrir suas casas num espírito de acolhimento aos jovens que por estes dias habituais de folia escolhem ser peregrinos. “Eles aconselham a que se leve uma almofada, porque vão estar muito tempo sentados, e canecas, porque vão servir chá e chocolate quente”, conta o padre Rafael.

O dia 31 de dezembro começa com a oração da manhã na paróquia de acolhimento, seguida por um tempo de partilha em grupos de reflexão ou de encontros com pessoas empenhadas na vida da comunidade local. No final deste encontro, há um piquenique partilhado e distribuição de chá quente. A oração comunitária prossegue nas igrejas do centro da cidade. Para as 23h00 está marcada uma vigília de oração pela paz no mundo, seguida por uma "festa dos povos" na paróquia de acolhimento.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.