A+ / A-
Rio Ave

José Gomes não trocaria Carlos Vinícius por Bas Dost

02 dez, 2018


O treinador do Rio Ave abordará a receção ao Sporting com confiança, independentemente de no banco adversário estar Keizer ou Peseiro.

O treinador do Rio Ave, José Gomes, não trocaria o seu goleador, Carlos Vinícius, pelo do Sporting, Bas Dost. O técnico fez, este domingo, a antevisão do duelo com os leões, para a 11.ª jornada do campeonato.

Vinícius leva dez golos em dez jogos com o Rio Ave, enquanto Bas Dost foi o melhor marcador do campeonato em 2016/17 e, esta época, já tem oito golos em nove partidas. Questionado sobre se prescindiria do brasileiro para ter o holandês, José Gomes respondeu com um rotundo "não": "Definitivamente não. E não estou a dizê-lo porque neste momento sou treinador do Vinícius."

"O Bas Dost conhece muito bem aquele espaço da zona do golo. O Vinícius tem uma abrangência em termos de jogo com maior capacidade, pelas suas características em termos físicos, pela sua mobilidade, pelos espaços que consegue ocupar e pela velocidade que tem, que é algo que o Bas Dost não tem", explicou o técnico.

Ainda assim, José Gomes não poupou nos elogios a ambos: "São dois bons goleadores e que julgo que vão estar em confronto até ao fim para ver quem será o goleador da Liga."

José Gomes frisou que irá abordar o jogo de forma "confiante e segura", "independentemente de ser o José Peseiro ou o Marcel Keizer" a treinar o Sporting. "O futebol do Sporting está diferente, é clara a tentativa de introduzir novos princípios, mas a chave será sempre aquilo que são as qualidades dos jogadores do Sporting. Eles têm muita qualidade e temos de estar precavido para isso. Da nossa parte, vamos jogar bom futebol e fazer um jogo positivo para podermos vencer", afirmou.

A partida está marcada para segunda-feira, às 20h15, no Estádio dos Arcos, em Vila do Conte. O Rio Ave-Sporting terá relato, em direto, na Renascença e acompanhamento, ao minuto, em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.