A+ / A-

G20. Trump cancelou reunião com Putin e o russo não gostou: "Penso que ela é mesmo necessária"

01 dez, 2018


O Presidente norte-americano justificou o cancelamento da reunião com a escalada de tensão entre o Kremlin e a Ucrânia.

O Presidente russo, Vladimir Putin, considerou este sábado "mesmo necessário" ter uma "verdadeira reunião" com Donald Trump, lamentando que o Presidente norte-americano tenha cancelado o encontro previsto à margem do G20, em Buenos Aires.

"É pena que não cheguemos a ter uma verdadeira reunião. Penso que ela é mesmo necessária", disse Putin numa conferência de imprensa, acrescentando: "Espero que possamos encontrar-nos quando a parte norte-americana estiver pronta para tal".

"As questões que precisamos de discutir são muito importantes. São, em primeiro lugar, as questões da estabilidade estratégica e, depois, são as questões [relacionadas com o problema] da não-proliferação de armas de destruição em massa", indicou.

Trump apanhou todos de surpresa na quinta-feira, antes do início da reunião de líderes do G20, ao cancelar um encontro marcado com o seu homólogo russo, Vladimir Putin, em Buenos Aires, justificando a alteração de agenda com a escalada de tensão desencadeada por Moscovo contra a Ucrânia.

Os dois chefes de Estado avistaram-se durante dois dias em Buenos Aires, durante a reunião dos dirigentes das principais economias mundiais, e Putin indicou que falaram, à margem da cimeira, sobre a crise ucraniana.

"Falámos de pé e eu respondi às suas perguntas sobre o incidente no mar Negro", quando as forças russas apresaram, no passado domingo, três barcos ucranianos e as respetivas tripulações, disse o Presidente russo.

"Ele tem o seu ponto de vista sobre esta questão e eu tenho o meu. Mas informei-o" do que aconteceu, acrescentou.

A Casa Branca, por sua vez, fez saber que "como é costume em eventos multilaterais, o Presidente Trump e a primeira-dama tiveram várias conversas informais durante o jantar [de sexta-feira], incluindo com o Presidente Putin".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.