O Mundo em Três Dimensões
Números que contam histórias. De segunda a sexta às 05h40, 14h30 e 21h10 com reposição ao fim-de-semana.
A+ / A-
Arquivo
O Mundo em Três Dimensões - Espanha e os porcos - 05/09/2018
O Mundo em Três Dimensões - Espanha e os porcos - 05/09/2018
O Mundo em Três Dimensões

Em Espanha, há mais porcos do que espanhóis

05 set, 2018 • André Rodrigues , José Luís Moreira (Sonorização)


Espanha tem 46,5 milhões de pessoas e 50 milhões de porcos.

Quando George Orwell publicou “O Triunfo dos Porcos”, em 1945, estaria porventura longe de imaginar que os ditos animais estivessem tão perto de superar a espécie humana. Não falamos de porcos amotinados que expulsam o dono da quinta para entregar o poder aos animais que, com o tempo, passam a viver tal e qual como os humanos que os oprimiam; falamos de números.

E em Espanha, os porcos já ganharam. De acordo com o ministério espanhol do Ambiente, pela primeira vez na história, a população suína atingiu um máximo histórico de 50 milhões de cabeças. Mais 3,5 milhões do que a população humana em Espanha.

Estima-se que cada um dos 46,5 milhões de espanhóis consumam uma média de 21 quilos de carne de porco por ano.

Aliás, desde 2013 que o número de porcos espanhóis aumentou 9 milhões e o setor produz 4 milhões de toneladas de carne por ano. Em 2017, o setor da carne suína afirmou-se como um dos grandes motores da economia espanhola com uma faturação da ordem dos 6 mil milhões de euros. Metade são provenientes de vendas ao exterior.

Só que este crescimento está a ter impactos diretos a nível ambiental: a criação de porcos é a quarta maior emissora de gases com efeito de estufa em Espanha, atrás dos transportes, da produção de eletricidade e da indústria.

Outro problema é o consumo de água: cada porco gasta 15 litros por dia, dez vezes mais do que a ingestão diária recomendada para um ser humano. Se multiplicarmos isso por 50 milhões de cabeças de gado suíno, concluímos que este setor gasta 750 milhões de litros de água por dia. Mais do que o consumo diário de Sevilha, Saragoça e Alicante juntas.

Além disso, tanto porco junto cria porcaria. As fezes animais já estão a contaminar os solos em várias regiões em Espanha, um país com 46,5 milhões de pessoas e 50 milhões de porcos. Ou seja, 1,07 porcos por habitante.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • VICTOR MARQUES
    11 set, 2018 Matosinhos 10:37
    E Espanhóis porcos quantos haverá???!!...
  • Antonio Gomes
    10 set, 2018 Portugal 22:45
    Em Portugal também deve haver mais porcos que espanhóis...
  • 10 set, 2018 11:13
    Em espanha existe mais porcos que espanhoiis! No concelho de palmela "existe mais ratazanas que pessoas que nojo! Os porcos aindam dao pra comer!